O empurrão da Livelo para a retomada do varejo

Empresa aumenta sinergia com parceiros e lança uma série de iniciativas para ajudá-los a superar a crise do coronavírus. Na C&A, o programa de recompensas foi vital para uma aproximação ainda maior com o público masculino. Na Via (ex-Via Varejo), contribuiu para o aumento das vendas

0
133
Leia em 4 min

Marcelino Cruz, diretor de Relações Comerciais e Trade Marketing da Livelo

A pandemia do coronavírus obrigou empresas de diversos setores a ajustar as suas operações à nova realidade, mas no varejo as mudanças foram ainda mais significativas. Com o isolamento social e o fechamento das lojas físicas, não havia outro caminho a não ser buscar soluções capazes de atrair e cativar clientes.

Nesse contexto, a Livelo, programa de recompensas com um catálogo formado por mais de 800 mil opções de produtos, serviços e experiências, exerceu um papel decisivo. “Com a pandemia, o varejo teve de enfrentar uma série de desafios”, diz Marcelino Cruz, diretor de Relações Comerciais e Trade Marketing da empresa. “Tomamos as dores dos clientes e fomos à luta para ajudá-los.”

Sob diversos aspectos, a Livelo, de fato, funcionou como uma espécie de braço direito para a retomada do varejo, ajudando o setor em um dos períodos mais desafiadores da história. E os resultados, segundo os próprios parceiros, não poderiam ter sido melhores.

“A Livelo abriu novas oportunidades para nós”, diz Rafael Morand, head comercial da área de e-commerce da C&A. “A parceria tem sido produtiva e, com a pandemia, revelou-se bastante oportuna.”

As duas empresas juntaram forças no terceiro trimestre do ano passado. Para a C&A, o acordo representou, entre outros benefícios, a chance de se aproximar ainda mais de um público específico: o masculino.

Segundo Morand, as mulheres respondem por 60% dos clientes cativos da C&A. Na outra ponta, entre 60% e 70% dos consumidores trazidos pela Livelo são homens. “Ou seja, a parceria complementou o meu portfólio, abrindo espaço para novos segmentos”, ressalta o executivo.

Além disso, diz o profissional, ela também permitiu a incorporação de um volume expressivo de clientes, o que ajudou a C&A a aliviar custos para atrair tráfego para a plataforma digital. “Essa é uma despesa intrínseca do meu negócio que acabei economizando graças ao acordo com a Livelo”, afirma Morand.

Os números confirmam a solidez do casamento entre as empresas. No primeiro trimestre do ano, as vendas digitais da C&A realizadas por intermédio do programa de recompensas da Livelo cresceram 50% em relação aos últimos três meses do ano passado.

Como os laços entre as empresas são recentes, algum crescimento era esperado, mas o desempenho superou as expectativas da C&A. Agora, o objetivo é desenvolver novas estratégias e aproveitar ainda mais o que a Livelo pode oferecer.

Uma das ideias em estudo é a criação de comunicações sobre as vantagens de utilizar a Livelo dentro da plataforma da C&A para promover a comunicação direta com os consumidores.

Se os acordos firmados recentemente já trouxeram resultados consistentes, os mais antigos também se revelaram eficazes ao longo dos anos.

A Via, dona de marcas como Casas Bahia e Ponto (ex-Pontofrio), é parceira da Livelo há três anos e meio. “Desde então, os negócios gerados com a Livelo cresceram sempre acima de dois dígitos”, afirma Felipe Oliveira, gerente comercial e de operações da Via. “Para cada ação que planejamos, a resposta dos consumidores é sempre muito rápida e eficiente.”

Oliveira cita os resultados obtidos em iniciativas como a promoção 10×1 – nela, os clientes recebem 10 pontos para cada real gasto. “Trata-se de um benefício diferenciado que certamente nos ajudou a atrair clientes em um ano atípico como o da pandemia”, reforça o executivo.

Sob diversos aspectos, a Livelo teve participação ativa nesses resultados. Na crise do coronavírus, a empresa, de fato, demonstrou agilidade suficiente para expandir parcerias já firmadas e conquistar novos clientes.

Cruz, da Livelo, lembra que o número de parceiros cresceu 70% no ano passado – são mais de 180 atualmente –, o que é resultado do esforço da empresa em buscar frentes inéditas de negócios e das novas estratégias desenhadas nos últimos meses.

As ações que promovem paridade de 10×1, por exemplo, costumam trazer resultados 300% melhores do que os obtidos em um dia convencional. Cruz destaca também a criação da campanha “Pink my Friday”, que marcou a Black Friday da companhia e promoveu mais de 160 ofertas durante todo o mês de novembro.

A sinergia entre a Livelo e seus parceiros reforça um aspecto essencial em tempos de crise: a troca de experiências e a construção de relacionamentos sólidos ajudam as empresas a superar obstáculos. Os resultados obtidos por companhias como C&A e Via são exemplos disso.

Para saber mais sobre as soluções da Livelo para empresas, clique aqui.

Leia também