Apresentado por XP

A nova busca da XP é pelo ouro olímpico

Empresa é a nova patrocinadora do COB e do Time Brasil, que está em fase final de preparação para a Olimpíada de Tóquio. Apoio será estendido para os Jogos de 2024, em Paris, e prevê a criação de uma equipe de embaixadores da marca. Objetivo é associar ideais do esporte como superação e disciplina ao mundo dos investimentos

 

Desde que foi criado, em 1894, o lema olímpico citius, altius, fortius (mais rápido, mais alto, mais forte, em latim) motivou atletas de diversos países e de diferentes gerações. Na XP, o esporte e tudo o que ele representa – superação, conquistas, desafios – sempre foi grande fonte de inspiração. Agora, mais do que nunca.

A XP é a nova patrocinadora oficial do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Time Brasil, que está em preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, programados para o período entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021.

“Na minha trajetória como empreendedor, aprendi que era preciso ser obstinado e acreditar de verdade nos meus sonhos”, afirma Guilherme Benchimol, fundador e presidente-executivo do Conselho de Administração da XP Inc. “É exatamente isso o que o esporte ensina.”

Benchimol tentou ser tenista, mas diz, meio sério e meio de brincadeira, que não tinha talento suficiente para seguir em frente. Mesmo assim, a paixão pelo esporte jamais o abandonou – e, sob diversas formas, inspirou sua trajetória como empreendedor.

“Eu comecei a XP do zero, na raça”, afirma. “E logo de cara encarei os grandes bancos. Isso tem tudo a ver com a Olimpíada. Os brasileiros lutam contra os gringos muitas vezes em condições desiguais, mas isso não é um impedimento para vencer.”

De fato, há profundas conexões entre o universo esportivo e o empresarial. Nos dois campos, é preciso ser perseverante mesmo diante de obstáculos que pareçam instransponíveis e ter a dose exata de ousadia para alcançar o topo – o objetivo máximo, afinal, de atletas e empreendedores.

O contrato da XP com o COB abrange o ciclo olímpico completo. Além dos Jogos Olímpicos de Tóquio, a parceria estende-se também à Olimpíada de Inverno de 2022, em Pequim, aos Jogos Pan-Americanos de 2023, em Santiago, e à Olimpíada de 2024, em Paris.

Para reforçar a sua presença no pódio esportivo, a empresa formará o que chamou de “Time XP”, um grupo de atletas estrelados que deverão atuar como embaixadores da marca. Trata-se de verdadeira seleção.

O nadador Bruno Fratus

Participam do Time XP nomes como o nadador Bruno Fratus (dono de quatro medalhas em mundiais), o jogador de vôlei Ricardo Lucarelli (campeão olímpico na Rio-2016), a craque do futebol Cristiane Rozeira (vencedora de duas medalhas de prata olímpicas), a judoca Mayra Aguiar (bicampeã mundial), a jogadora de vôlei Sheilla Castro (bicampeã olímpica) e o ex-nadador Fernando Scherer, o Xuxa (medalhista em duas edições olímpicas).

A ideia é que os atletas do Time XP emprestem sua imagem vencedora para inspirar mais pessoas. Entre as ativações previstas estão postagens em redes sociais e participações em eventos.

“No esporte, você cai e levanta uma, duas, várias vezes”, diz Pethra Ferraz, diretora de marketing da XP Inc. “Persistência, superação, garra e a crença de que o sonho grande será atingido são valores que nós, da XP, compartilhamos com os atletas.”

Pethra cita o exemplo da judoca Maya Aguiar. A atleta passou por sete cirurgias e, mesmo assim, está pronta para mais um ciclo olímpico. “Quer exemplo de superação maior do que esse”? pergunta a executiva.

Sob diversos aspectos, o mundo dos investimentos exige na mesma medida visão de longo prazo, disciplina, ousadia, preparo e obstinação, requisitos que, no esporte, forjam os campeões. Isso explica por que a XP decidiu ser protagonista do esporte brasileiro.

Segundo o presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira, o patrocínio será vital para o futuro do esporte no país. “O COB tem 107 anos e a XP, 20”, diz. “No esporte, unir a experiência dos atletas mais velhos com a impetuosidade da juventude é sempre uma receita vencedora. É isso o que está expresso na parceria entre o COB e a XP.”

Guilherme Benchimol, fundador e presidente-executivo do Conselho de Administração da XP Inc

O esporte brasileiro vive um momento desafiador. Com a pandemia do novo coronavírus, viagens tiveram de ser canceladas e competições acabaram suspensas.

Esse cenário, porém, não diminuiu o desejo dos atletas de transpor as barreiras até Tóquio. Atualmente, cerca de 230 estão classificados para a Olimpíada, mas a expectativa é chegar a 300.

Apesar dos desafios, eles querem ir mais rápido, voar mais alto e se tornarem mais fortes, exatamente como diz o lema olímpico. Com o apoio da XP, esses sonhos poderão ser alcançados. “Queremos fazer dessa relação a principal parceria da história da empresa”, conclui Benchimol.

Leia também

UM CONTEÚDO:

BRAND STORIES

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO