Itaú Personnalité inaugura a primeira “casa de investimentos e experiências” do Brasil

Recém-inaugurado em São Paulo, o Investment Center é um espaço-conceito para atendimentos presenciais ao público alta renda. Conheça os detalhes do projeto

0
298
Leia em 5 min

Adriana dos Santos, head do Itaú Personnalité

Nos últimos anos, o avanço da digitalização em diversos setores econômicos sugeria que, cedo ou tarde, os espaços físicos estariam com os dias contados. A realidade, porém, mostrou ser bem diferente.

Os consumidores obviamente apreciam as facilidades digitais, mas não descartam o bom “olho no olho.” No Itaú Personnalité, por exemplo, mais de 300 mil de seus 1,3 milhão de clientes visitam as agências todos os meses.

Números expressivos como esses levaram o banco a criar um projeto inédito no país: um espaço-conceito dedicado a oferecer experiências e assessorias personalizadas paras clientes da alta renda.

Inaugurado no dia 21 de março na Avenida Faria Lima, coração financeiro de São Paulo, o Investment Center tem como premissa proporcionar serviços que são complementares ou até mesmo transcendem o que existe no ambiente digital.

“A ideia do Investment Center é ter soluções completas para atender o cliente do jeito que ele quiser, respeitando não só o momento de vida atual, mas também seus planos para o futuro”, diz Adriana dos Santos, head do Itaú Personnalité.

No espaço, o cliente Personnalité terá à disposição equipes que atuam em diversas frentes: de assessores de investimentos certificados a especialistas em proteção de patrimônio, de profissionais da área de câmbio ao crédito imobiliário.

Um dos espaços do Investment Center. Clientes podem usar o local para fazerem reuniões

O objetivo é auxiliar os clientes nas principais tomadas de decisões de acordo com o seu momento de vida e suas necessidades financeiras e pessoais, por conta disso, no futuro o espaço contará inclusive com o concierge de viagens, por exemplo.

Outro diferencial é a possibilidade de o cliente realizar na hora saques em dólar ou euro, sem burocracia, de forma rápida e simples. Para quem pretende viajar, trata-se de um grande benefício.

O lugar não lembra em nada uma agência tradicional – na verdade, está mais para lounge do que para agência. Se o cliente desejar, pode utilizar o espaço para realizar reuniões e áreas reservadas para encontros profissionais.

Os funcionários do Itaú também poderão utilizar o Investment Center como hub de atendimento. “Os especialistas íon e gerentes Personnalité farão ali, em nossas salas, os atendimentos personalizados e com toda a privacidade necessária que um investidor busca em sua consultoria”, reforça Adriana

Combinado com as soluções digitais, a interação presencial com os assessores materializa o conceito “phygital” em sua essência. Por essa ótica, não adianta possuir altos níveis de digitalização se o componente humano for esquecido. No Investment Center, a ideia é que o ambiente físico e o digital caminhem juntos.

Além de oferecer assessorias em diversos serviços financeiros, o lugar também terá como uma de suas principais atribuições promover palestras, em um ambiente que comporta até 120 pessoas.

O primeiro evento foi realizada no 7 de abril com a participação de Mário Mesquita, economista-chefe do Itaú, e Nicholas McCarthy, CIO do banco. O tema foi o atual cenário econômico e seu impacto nos investimentos. “A nossa intenção é promover inúmeros encontros desse tipo, e com muita diversidade de temas e de público”, afirma Adriana.

Para ficar por dentro da agenda de eventos, que são realizados de maneira presencial e com transmissão pelas mídias digitais, basta acompanhar o Instagram do Itaú Personnalité ou no próprio site do espaço (clique aqui).

No andar superior, um estúdio de gravação que pode ser visto da Faria Lima, permitirá produzir e entregar aos clientes entrevistas, bate-papos e programas relacionados ao mercado financeiro, a partir de especialistas certificados, que vão se dedicar a ampliar o conhecimento dos clientes sobre educação e tendências financeiras.

“A ideia do Investment Center é ter soluções completas para atender o cliente do jeito que ele quiser, respeitando não só o momento de vida atual, mas também seus planos para o futuro”, diz Adriana dos Santos, head do Itaú Personnalité

O Investment Center traz, de fato, um conceito novo no setor. Para se aproximar do público da alta renda, o lugar será palco de eventos de degustação com marcas premium consagradas.

A Nespresso tem um espaço exclusivo com a presença de um barista. Em horários específicos, ele apresentará aos clientes as melhores combinações de café e outras experiências sobre o tema, proporcionando um ambiente leve para que os executivos possam fazer negócios.

O Itaú também assinou uma parceria com a Lindt para inaugurar o Investment Center aos seus clientes, já proporcionando uma experiência exclusiva aos clientes Personnalité: degustação de chocolates e vinhos.

Outros acordos com marcas renomadas do mercado estão sendo organizados, de modo a proporcionar que os clientes Personnalité vivam na prática algumas das diversas experiências de alto nível de sofisticação que são oferecidas pelo banco aos seus clientes.

Até o fim de 2023, outras sete unidades devem ser inauguradas em capitais do Brasil

Além da unidade na Faria Lima, o Itaú pretende inaugurar outros sete espaços desse tipo até 2023, expandindo a atuação para outras capitais brasileiras. A primeira delas será no Rio de Janeiro e cada uma contará com experiências regionalizadas, valorizando as particularidades do público local.

O Investment Center é resultado de uma mudança estratégica que começou a tomar forma em 2020, denominada iVarejo 2030, quando o Itaú decidiu ressignificar a operação do varejo, tornando-a mais eficiente e integrada entre os canais físicos e digitais, fortalecendo a proximidade e o relacionamento com os seus clientes.

O aplicativo íon, por exemplo, está inserido neste contexto. No segundo semestre do ano passado, o app começou a agregar informações de outros bancos e corretoras, permitindo que os usuários visualizem na plataforma aplicações do Itaú e de outras instituições.

“Nós percebemos que, além de toda a nossa expertise em investimentos, era preciso criar soluções mais modernas e completas, tanto no ambiente digital quanto no físico”, detalha Adriana. E foi assim que o Investment Center nasceu, como um verdadeiro hub de investimentos preparado para trazer um pouco de cada um dos dois mundos.

Leia também