Com personalização, Itaú Unibanco chacoalha o mercado de cartões

Banco revigora portfólio, amplia benefícios e desenvolve linha de cartões de crédito para atender os mais variados perfis de clientes. Estratégia funciona: em apenas cinco meses, as emissões desse tipo de produto dobraram

0
703
Leia em 5 min

O Itaú Unibanco é o maior emissor de cartões de crédito e débito do País, com mais de 70 milhões de plásticos usados cotidianamente por 46 milhões de pessoas. São números que poderiam deixar o maior banco privado do País numa posição confortável. Mas o management da instituição financeira está longe de relaxar.

Não à toa, nos últimos meses, o banco vem passando por uma revolução interna de modo a lançar novos produtos, revigorar seu portfólio e ampliar os benefícios associados aos cartões. O que está por trás dessa iniciativa é, cada vez mais, personalizar a experiência dos clientes com cartões feitos sob medida para cada tipo de perfil.

Os primeiros números mostram que a estratégia tem dado certo. Em maio, as vendas de cartões do Itaú dobraram em relação a janeiro, desempenho muito acima do mercado. “Cartão de crédito não é tudo igual, muito longe disso”, diz Rubens Fogli, diretor de cartões do Itaú Unibanco. “Criamos o nosso portfólio de acordo com os desejos e contribuição dos nossos clientes, para atender cada necessidade específica. No final, o poder da escolha é dele”

A enorme diversidade de cartões oferecidos pelo banco e o fato de se ajustarem aos diferentes perfis de consumidores é o mote da campanha publicitária “O Itaú Tem Um Cartão Que Dá Match Com Você”, criada para destacar não apenas a liderança do banco no segmento, mas, acima de tudo, a capacidade de entregar o cartão certo para a pessoa certa.

Não é de hoje que o portfólio de cartões do Itaú Unibanco é diversificado. Agora, porém, o banco levou o conceito ao extremo, com uma amplitude de produtos que não encontra similaridade no mercado. “Temos opções para todos os gostos e bolsos, e isso não é um exagero”, diz Fogli. Basta entrar no site de cartões do banco para confirmar que o executivo tem razão.

O cliente busca cartões sem anuidade? Nessa categoria, é possível adquirir os produtos criados em parceria com empresas como Magazine Luiza e Samsung. A ideia é usá-los no supermercado e obter pontos e descontos? Acordos com Pão de Açúcar e Sam’s Club proporcionam isso.

No Itaú Click, também sem anuidade, o limite vai até R$ 10 mil. O Itaú Personnalité Black é igualmente isento da anuidade para quem é investidor, e conta com a possibilidade de acumular pontos que rendem automaticamente e não expiram, para o cliente usar em viagens, produtos ou mesmo cashback.

Rubens Fogli, diretor de cartões do Itaú Unibanco: “Criamos o nosso portfólio de acordo com os desejos e contribuição dos nossos clientes, para atender cada necessidade específica”

Até mesmo categorias pouco usuais no segmento estão presentes no portfólio do banco. O Fiat Itaucard e o Volkswagen Itaucard oferecem, por exemplo, até R$ 20 mil de desconto na compra do automóvel zero quilômetro.

Não é só. No ano passado, o Itaú lançou o programa “iPhone pra Sempre”, que permite ao cliente trocar seu smartphone da Apple por um modelo mais novo em intervalos regulares e com parcelamentos feitos diretamente no cartão de crédito.

Para os clientes Uniclass, o banco criou recentemente o Visa Signature, sem taxa de anuidade. Entre outros benefícios, o cliente ganha pontos a cada dólar gasto em compras e pode trocá-los por milhas, produtos e cashback na fatura.

Nas plataformas digitais, o Itaú desenvolveu uma espécie de catálogo automatizado de produtos, que são apresentados no formato de carrossel, exatamente como nos serviços de streaming. Enquanto o carrossel roda, o consumidor analisa o que melhor se ajusta aos seus interesses.

“Se tivermos um cliente com um perfil que converse mais com viagens, vão aparecer para ele as opções que possuem relação maior com o acúmulo de milhas aéreas, o que amplia as possibilidades de conversão”, ressalta Guilhermo Bressane, diretor de marketing do Itaú Unibanco.

A transformação digital tem beneficiado o Itaú. O banco foi pioneiro no País a oferecer aos clientes a carteira digital Apple Pay. Atualmente, mais de 6 milhões de clientes usam as carteiras digitais Apple, Samsung e Google Pay.

O banco está atento às novas demandas da sociedade. Recentemente, passou a oferecer o Cartão Virtual Recorrente, voltado para o pagamento de serviços contínuos como assinaturas de streaming, aplicativos de transporte e delivery e cadastro em carteiras digitais – modalidades típicas dos novos tempos.

O primeiro cartão virtual do Itaú foi lançado em 2015 e, desde então, seu crescimento é expressivo. No primeiro trimestre deste ano, o valor transacionado neste meio cresceu 163% em comparação ao mesmo período do ano passado. Entre os jovens, seu uso tem se disseminado muito mais. O salto entre os da geração Z, aqueles nascidos entre 2000 e 2010, foi de 457% no período.

O mercado brasileiro também tem alcançado bons resultados. No primeiro trimestre do ano, segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), as compras com cartões de crédito movimentaram R$ 335,9 bilhões no País, alta de 12,8% em relação ao mesmo período do ano passado.

Nesse cenário, a diversidade trazida pelo Itaú Unibanco deverá gerar negócios cada vez melhores para o banco e seus clientes. Isso é o que se pode chamar de “match” perfeito.

Para mais informações, clique aqui.

Leia também