Michael Burry prevê a chegada da “mãe de todos os crashes”

Conhecido por prever a crise de 2008 e apostar contra a bolha imobiliária, o fundador da Scion Asset Management alerta que os investidores das ações meme e de criptomoedas terão prejuízos do “tamanho de países”

0
445
Leia em 2 min

O investidor americano Michael Burry

Michael Burry ganhou fama ao antever a crise de 2008 e apostar contra a bolha do mercado imobiliário. Além dos ganhos obtidos pelo investidor americano, a história rendeu um livro e um filme, batizados de “A Grande Aposta”. No longa, de 2016, seu papel é interpretado pelo ator Christian Bale.

O fundador da Scion Asset Management também é conhecido por postar uma série de tuítes sobre um determinado tema relacionado a investimentos, para logo depois, apagá-los. O hábito tinha sido abandonado em abril, quando ele excluiu seu perfil no Twitter. Mas foi retomado nesta semana.

O assunto da vez explorado por Burry foram as ações meme e as criptomoedas. E os prognósticos do investidor não são nada positivos. Para ele, os investidores casuais e do varejo que estão apostando nessas frentes terão enormes prejuízos.

“Todo esse hype/especulação está atraindo o varejo antes da mãe de todos os crashes”, tuitou Burry, em seu retorno ao microblog. “Quando as criptomoedas despencarem trilhões ou as ações meme caírem dezenas de bilhões, as perdas se aproximarão do tamanho de países.”

Burry comentou que o receio das pessoas quanto a essa perda impulsionou o preço dos ativos a níveis insustentáveis. E também alertou aos adeptos das criptomoedas que recorreram a empréstimos de forma imprudente para investirem nesses ativos.

“O problema com as criptomoedas, como na maioria das coisas, é a alavancagem”, escreveu. “Se você não sabe quanta alavancagem há nas moedas digitais, você não sabe nada sobre criptomoedas.”

Recentemente, Burry também dedicou seu tempo e tuítes para alertar seus fiéis seguidores sobre outro ativo extremamente falado no mercado de capitais: a Tesla. Em março deste ano, o investidor publicou uma série de posts nos quais disse que, em breve, a alemã Volkswagen vai superar a montadora de Elon Musk na corrida dos carros elétricos.

“Investidores subestimam o tamanho, a escala, as marcas, o poder duradouro e os recursos da Volkswagen”, afirmou. “Vocês já se perguntaram quem é a dona da Bentley, Bugatti, Lamborghini, Porsche, Ducatti, etc? A Volkswagen”, ressaltou, sem esconder que tem ações da Porsche em seu portfólio.

A Tesla é um alvo recorrente de Burry. Em janeiro desse ano, por exemplo, o investidor afirmou que as ações da empresa enfrentariam um colapso. “Aproveite enquanto durar”, escreveu no Twitter.

Um mês antes, ele disse que sua gestora, a Scion, estava operando vendido os papéis da Tesla. E ainda afirmou que Musk deveria ofertar mais ações, aproveitando os “valores ridículos” atuais.

Leia também