EXPERTSMUDE OU MORRA

Covid-19: reflexões de um empreendedor no meio de um furacão

A crise do coronavírus já está arrastando milhares de empresas para um beco sem saída. Ou há saída? Eis o dilema que aflige qualquer empreendedor – e eu sou um deles

 

Quanto tempo aguentamos sem receita nova? Preciso projetar o caixa sem dinheiro novo por 6 meses… Cara, a conta não fecha… Aguentamos 3 meses e meio assim. Onde dá para cortar de um jeito suave? Vamos pensar nisso.

Tem um cliente pedindo desconto sem redução de escopo. Sério isso? Não dá para aceitar, sacanagem. Depois nunca mais voltaremos ao valor justo.

Putz, dois clientes dizendo que vão paralisar o serviço por no mínimo de 3 meses… Projeta o caixa com redução de 30% nas receitas. Quanto temos que cortar?

Prepara um plano para redução de 25% e outro de 50%. Detalha porque temos que estar pronto para aplicar se precisar.

Não queria cortar gente, ainda mais nesse período… Fora que vamos precisar deles quando a retomada vier. Vai voltar forte a partir de setembro! Certeza!

Cliente novo que ia começar em abril pedindo para postergar…. Entendo o lado do cara, eles tão acabados…

Não aguento mais esse home office, é treta com todo dia com a família. Preciso caminhar, sair um pouco, ir para algum lugar!

Neste novo cenário, não temos caixa para 2 meses. Vamos ter que enxugar drasticamente, deixa eu rever o plano de 50%…

Quanto tempo vai durar isso? Meu Deus, estão falando de 6 a 9 meses!

Nossos clientes vão sobreviver? Como posso ajudá-los nesse momento tão delicado? Vamos estender a mão, esquece contrato. Vamos fazer o que pudermos fazer e sair dessa com a relação fortalecida!

Neste novo cenário, não temos caixa para 2 meses. Vamos ter que enxugar drasticamente, deixa eu rever o plano de 50%…

O Governo podia dar uma isenção de impostos… Nota mental: renegociar com todos os fornecedores.

Negociar salário para não demitir?! Não tem clima para isso. Como fazemos? Qual a saída?

Vamos vender o negócio? Isso aqui tem valor, podemos retomar algumas conversas. Mas, nessas condições, o preço vai lá para baixo.

Pensa, Renato: Quando deixamos de ser essenciais aos nossos clientes? O que eles mais precisam agora? Vamos mapear essas dores e criar novos produtos!

Respira fundo. Vamos passar do jeito que der esses próximos 6 meses. Depois isso vira, vamos voltar mais fortes. O plano vai dar certo, a conta tá fechando. Não vai dar para ter todo mundo no barco.

Temos que valorizar muito quem ficar, essa é a galera que tá com a gente. Queria poder aumentar salários agora, mas meu foco é preservar o caixa. Ações de valor de longo prazo.

Estou com medo…

De um jeito ou de outro, vamos superar isso tudo, né? Afinal, o que não te mata te fortalece – a não ser que te mate.

*Renato Mendes é cofundador da Organica, professor na pós-graduação do Insper, mentor na Endeavor Brasil e autor do livro “Mude ou Morra”, finalista do Prêmio Jabuti 2019.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

UM CONTEÚDO:

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO