EXPERTSHUMANAMENTE POSSÍVEL

Quem vive de passado é ultrapassado

É impossível uma carreira sem mudanças. E, como os nostálgicos não mudam, na verdade são mudados

 

Você conhece a diferença entre nostalgia e saudade? Já pensou no quanto esses sentimentos afetam sua vida profissional, sua saúde e sua capacidade de criar o futuro?

Nostalgia é um termo criado no Século XVII por Johannes Hofer (1669-1752), médico suíço. Vem do grego nostos (volta para casa) e algos (dor). Traduzia a falta de capacidade de soldados de guerrear por conta da imensa dor vinda do desejo de voltar para casa.

Também pode se conectar a perda de partes do corpo, amputação de membros, mas que continuam emitindo sinais de existência. Sabe-se que pessoas que perderam um braço, eventualmente sentem dor na mão perdida.

A nostalgia nos impede de olhar para frente, pois quer nos transportar para um passado aonde fomos felizes ou poderosos. Diferentemente da saudade, que pode ser um sentimento feliz, a nostalgia nos derruba.

Quando sentimos saudade de uma pessoa ou de uma empresa em que trabalhamos, queremos trazer o que houve de melhor para o presente. Isso pode ser bom, pois valoriza e perpetua os melhores momentos. Já quando sentimos nostalgia queremos voltar para o passado e ficamos apegados ao modelo antigo, daí a dor é garantida, até pela Impossibilidade de a vida voltar para trás.

Dito isso, é impossível uma carreira sem mudanças. E, como os nostálgicos não mudam, na verdade são mudados.

Aquele seu emprego anterior, aquela empresa maravilhosa onde você trabalhou, não existem mais, será que não é mais fácil olhar para frente e transformar isso em saudade e em uma nova realidade? O apego as coisas maravilhosas que vivemos só nos tira a capacidade de viver outras coisas maravilhosas.

Pense em algo perfeito na sua carreira, um cargo, um gestor, algo que te realizou e te fez muito feliz. Agora pense no seu momento imediatamente anterior a este período muito feliz. Será que você teria sido tão feliz se não estivesse confiante em olhar para frente e conhecer o novo?

Não vire chacota, em toda empresa tem as pessoas folclóricas, entidades que já saíram, mas que não foram embora, ficam circundando o ambiente querendo retornar ou ainda se imaginando importantes. São os personagens do museu corporativo. Siga em frente! Vai ser feliz!

Encare as mudanças. A sua vida profissional é um mar de escolhas. E escolhas são difíceis mesmo, mas se fossem fáceis ninguém te pagaria para realizá-las

Encare as mudanças. A sua vida profissional é um mar de escolhas. E escolhas são difíceis mesmo, mas se fossem fáceis ninguém te pagaria para realizá-las. Vejam este perfeito argumento do professor Clovis de Barros Filho.

“Escolhas são difíceis! Escolher entre o bom e o bom é ruim, porque a pessoa tem que jogar um bom fora. Escolher entre o ruim e o ruim é horrível, porque ela tem que ficar com um ruim. A única escolha confortável é entre o bom e o ruim, mas isso já não é nem escolha.”

O mundo está contratando potencial, gente que está no momento presente, mas que olha para frente e toca a vida. Se cada momento é um lugar onde nunca estivemos, isso é uma grande chance de fazer o diferente. Olha o Belchior de novo: “Mas é você que ama o passado e que não vê, é você que ama o passado e que não vê que o novo sempre vem.” Lindíssima canção, mas ela não foi feita para você, não é mesmo?

*Leonel Andrade é CEO da CVC Corp e foi CEO da Smiles, Credicard e Losango Financeira. Ele também é membro do Conselho de Administração da BR Distribuidora e da Lojas Marisa. Além disso, faz palestras sobre gestão de pessoas e negócios.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

UM CONTEÚDO:

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO