EXPERTSHUMANAMENTE POSSÍVEL

Cuide dos garotos

Se você apoiar os garotos nas decisões erradas, ajudando-os a só cometerem erros inéditos, transformando-os mais rápidos em profissionais experientes, eles vão tomar decisões mais e mais corretas e alcançarão muito sucesso

 

“Esse garoto está pensando o quê? Faço isso há trinta anos e vem um fedelho que mal saiu da faculdade achando que sabe mais do que eu! Só porque o papai mandou-o estudar nos EUA já volta querendo ser chefe. Eu ralei muito para chegar aqui, não é uma planilha de excel que vai tomar meu lugar. Essa geração não quer nada, só moleza.”

Já ouviram ou falaram algo parecido com as frases acima?! Cuidado, é o Armagedom chegando, a batalha final da sua carreira!

Quer saber o que o garoto está pensando? Provavelmente a mesma coisa que você pensava no início da jornada. Crescer, se desenvolver, ocupar posições de liderança, ganhar dinheiro… O que tem de errado nisso? Nada, nada, nada, nada…. Pelo menos não com o garoto.

Se há algo errado deve ser com quem está se sentindo ameaçado, pois, provavelmente, está olhando a vida pelo retrovisor. Você faz isso há trinta anos? Jura? Isso é experiência ou repetência? Mais uma vez, cuidado.

O mundo anda dando tantas cambalhotas que, nos últimos três anos, surgiram dezenas de maneiras novas de fazer o que você faz do mesmo jeito há três décadas. E, por uma estranha coincidência, o garoto estava se atualizando bastante nos últimos trinta e seis meses.

Voltou dos EUA querendo ser chefe! Quem não voltaria? Lá o negócio é infinitamente mais avançado do que aqui. Lá o garoto viu produtividade de fato, tecnologia aplicada até no banho, virtualidade e inteligência artificial que você não consegue nem imaginar que existem.

Lembra dos Jetsons? O garoto assistiu Os Jetsons nos EUA na aula de história. Na verdade, não assistiu, poucos têm muita paciência para assistir filmes quer mostram a antiguidade. No máximo, ouviu falar. Fique tranquilo, ele não quer ser chefe, ele não quer seu lugar. Na cabeça dele não existe nem chefe e nem lugar.

Eu ralei muito, não é uma planilha de Excel que vai tomar meu lugar! Concordo totalmente, por vários motivos. Seu lugar já não existe, Excel já não é nenhum diferencial, e o garoto pode ralar metade do que você ralou e ainda assim vai produzir muito, muito mais.

Essa geração não quer nada? Permita-me discordar 100%. Essa geração quer um planeta mais limpo, quer um corpo mais saudável, quer diversidade em tudo, quer ética nas relações e na política, quer fazer diferença através de nobres propósitos… E quer trabalhar em empresas que reflitam esses ideais e aonde eles possam ter protagonismo. Além do mais, eles querem assumir compromissos sociais como nenhuma geração anterior assumiu. São essencialmente voluntários do bem.

E não venha com preconceitos, lembrando os garotos que não querem nada. Não generalize. Lembre da sua turma do colégio ou da faculdade, lá tinha um monte de gente que não queria nada, não é verdade? Claro que em todas as gerações temos exceções, para bem ou para mal.

Crie um novo olhar, esqueça a idade, a longevidade chegou. Seja um garoto, se misture com eles e adquira novos sonhos, aceite novos desafios e recomece alguma carreira

Crie um novo olhar, esqueça a idade, a longevidade chegou. Seja um garoto, se misture com eles e adquira novos sonhos, aceite novos desafios e recomece alguma carreira. Assim você vai ver que é muito fácil ser reconhecido e respeitado. A regra é clara e universal, vale para garotos, jovens, maduros, mais velhos, anciãos ou qualquer pessoa da nossa geração. Cuide deles!

O sucesso só vem para aqueles que tomam decisões corretas; decisões corretas são frutos da experiência; e a experiência nasce das decisões erradas.

Se você apoiar os garotos nas decisões erradas, ajudando-os a só cometerem erros inéditos, transformando-os mais rápidos em profissionais experientes, eles vão tomar decisões mais e mais corretas e alcançarão muito sucesso.

E você vai ser muito valorizado, ficando no único lugar que te torna inesquecível, no grato coração dos garotos que brilharam mais e mais por ter tido a sorte de encontrá-lo no início de suas carreiras. Afinal, o único jeito de ficar para sempre é ficar nos outros.

*Leonel Andrade é CEO da CVC Corp e foi CEO da Smiles, Credicard e Losango Financeira. Ele também é membro do Conselho de Administração da BR Distribuidora e da Lojas Marisa. Além disso, faz palestras sobre gestão de pessoas e negócios.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

UM CONTEÚDO:

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO