Startups

As “aventuras” de um ex-publicitário no mundo do venture capital

Daniel Chalfon tinha uma carreira bem-sucedida no meio publicitário. Mas, aos 42 anos, ele vendeu sua agência e resolveu mudar de ramo. Em entrevista ao Café com Investidor, ele conta como fez essa transição e explica sua atuação na Astella Investimentos, gestora da qual é sócio

 


Ao longo de mais de duas décadas, Daniel Chalfon construiu uma carreira bem-sucedida no meio publicitário. Ele atuou como executivo na McCann Erickson e na DM9DBB, além de ter sido sócio da MPM e da Loducca.

Nesses mais de 20 anos, só por um breve período, Chalfon não atuou na área. Foi quando assumiu a direção de conteúdo do Zip.Net, empresa de internet fundada por Marcos de Moraes, filho de Olacyr de Moraes, que foi vendida à Portugal Telecom por US$ 365 milhões, em 2000, em um dos maiores negócios da web brasileira naquela época.

Em 2016, no entanto, Chalfon vendeu sua participação na Loducca e decidiu que iria mudar de carreira aos 42 anos. “Eu queria provar para mim que seria capaz de fazer um ‘pivot’ de carreira depois dos 40 anos, que é uma coisa meio tabu no Brasil”, disse Chalfon, em entrevista ao Café com Investidor, programa que entrevista os principais gestores de venture capital, do NeoFeed.

Nessa época, ele tomou café com meia cidade de São Paulo e reencontrou Edson Rigonatti, que o convidou para ser empreendedor residente da Astella Investimentos, uma dos principais gestoras de venture capital do Brasil que está concluindo a captação de seu quarto fundo de R$ 400 milhões e tem no portfólio empresas como RD Station, Omie, Kenoby, ClickSign, entre outras startups.

A ideia era trabalhar na construção de um fundo de media for equity, em que as empresas de mídia compram participação em startups por meio de espaço publicitários – algo que o grupo Globo vem fazendo nos últimos anos.

Mas o fundo não deu certo. E Chalfon, depois de um ano, deixou a Astella em maio de 2018. Três dias depois, no entanto, ele recebeu uma ligação de Rigonatti convidando-o para ser sócio da gestora. “Daqui a alguns anos, eu te digo se está dando certo”, brinca Chalfon.

Nestes dois anos, Chalfon se concentrou em ajudar os empreendedores na questão de branding e comunicação. Ele também se focou, em um primeiro momento, na área de consumo, com investimentos na Sallve, do setor de cosméticos, e Dr. Jones, de produtos masculinos. Agora, gasta 50% do na originação de deals de todas as áreas,

Nesta entrevista, que você vê no vídeo acima, Chalfon fala do que a Astella procura nos empreendedores, conta em detalhes como tem atuado na gestora e diz por que criou o Astella Playbook, podcast de empreendedorismo que se tornou uma referência no mercado de venture capital no Brasil.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

UM CONTEÚDO:

BRAND STORIES

NEOFEED REPORT

Conheça os conteúdos do braço de análise e inteligência de mercado do NeoFeed

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO