Insiders

A doce vida e a insensibilidade do homem mais rico de Hollywood

O americano David Geffen é dono do estúdio de animação Dreamworks e tem uma fortuna estimada em US$ 7,6 bilhões. Ao postar em suas redes sociais uma foto de seu refúgio durante a quarentena, uma embarcação avaliada em US$ 590 milhões, foi alvo de repúdio e apagou seu perfil no Instagram

 

David Geffen tem fortuna estimada em US$ 7,6 bilhões

Uma imagem vale mais que mil palavras, mas não resiste às críticas. O empresário americano David Geffen, de 77 anos, divulgou em seu perfil do Instagram que estava passando a quarentena em seu iate, atracado nas Ilhas Granadinas, no Caribe. 

Na foto, que mostra a embarcação avaliada em US$ 590 milhões ao pôr do sol, o magnata escreveu: “O sol se pondo ontem. Isolado nas Granadinas evitando o vírus. Espero que estejam todos bem”. 

O texto de Geffen, cofundador do estúdio de animação DreamWorks, que fez sucessos como Shrek, Kung Fu Panda e Madagascar, e homem mais rico de Hollywood, não caiu bem nas redes sociais.

Diante do que se desenha para ser uma das maiores, senão a maior, crise econômica mundial, personalidades e magnatas têm usado de certa discrição em ambientes públicos.

A postagem de Geffen fez com que diversos outros usuários o acusassem de egoísmo e narcisismo. Um dos comentários abaixo da foto dizia: “Geffen só quer que saibamos que não há nada com que se preocupar, a não ser a pobreza”. 

O incidente também virou munição política, já que muita gente sugere que uma das maneiras de aliviar o estrago provocado pela crise do coronavírus seria sobretaxando as grandes fortunas.

Meghan McCain, filha de John McCain, ex-candidato republicano à presidência americana derrotado por Barack Obama em 2008, usou o Twitter para atacar o bilionário.

“David Geffen tem fortuna de US$ 8 bi! Pelo amor de Deus, ajude esse país a ter ventiladores pulmonares, nossos trabalhadores do sistema de saúde a ter acesso a máscaras e outras ferramentas que precisam. Ou não fique usando o Instagram na p*** do seu iate. Isso é vergonhoso e grotesco”. 

Tamanha comoção fez com que o empresário primeiro passasse sua conta na rede social de pública para privada, e depois apagasse por completo o seu perfil nas redes. 

Outros bilionários, como Bill Gates, George Soros e Jack Ma, estão doando pequenas fortunas ao combate do vírus. Ainda não se sabe como e se Geffen está colaborando com a causa, nem mesmo se ele deixou seu isolamento no iate.

O que se sabe é que a embarcação do magnata, o iate Rising Sun, abriga ao longo de seus 138 metros de comprimento uma academia completa, sauna, spa, cinema particular e uma adega privativa.

Astros como Oprah Winfrey, Jeff Bezos, Leonardo DiCaprio e Michelle e Barack Obama já “pegaram carona” no barco com capacidade para 16 convidados mais uma equipe composta por 43 funcionários.

Estima-se que para manter um iate desse calibre, o gasto anual gira em torno de 10% do valor da embarcação – neste caso, US$ 59 milhões por ano. 

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

UM CONTEÚDO:

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO