Newsletter

Receba notícias do NeoFeed no seu e-mail

 
Li, compreendi e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade
do site.
 
 

Startups

Exclusivo: Resultados Digitais entra no setor de e-learning

Startup brasileira cria unidade RD University e vai vender cursos online voltados para a área de marketing digital

 

André Siqueira, fundador da Resultados Digitais e diretor da RD University

Em 2011, o empreendedor Eric Santos resolveu fechar a sua empresa de desenvolvimento de aplicativos Praesto para investir em uma nova área. Ele chamou quatro estagiários que trabalhavam com ele – Guilherme Lopes, Bruno Ghisi, Pedro Bachiega e André Siqueira – para fundar a Resultados Digitais, uma startup que desenvolveu uma ferramenta de marketing digital baseada na nuvem.

Depois de oito anos, a Resultados Digitais se tornou uma gigante nessa área, com mais de 12 mil clientes e 750 funcionários. Neste tempo todo, recebeu mais de US$ 20 milhões, de fundos como os brasileiros Astella Investimentos e Repoint eventures até os americanos TPG Growth e o Endeavor Catalyst.

Agora, a companhia de Florianópolis está fazendo uma nova aposta: o e-learning. A Resultados Digitais acaba de criar a RD University. Trata-se de uma nova unidade de negócios que vai vender cursos online voltados para marketing digital.

Quem está à frente dessa nova unidade é André Siqueira. “Consideramos uma startup dentro de uma startup”, disse ele, com exclusividade ao NeoFeed. “A nossa ambição é que ela seja a maior escola profissional na disciplina digital.”

Três cursos já estão ar. São eles Fundamentos de Inbound Marketing, Fundamentos de Inside Sales e Fundamentos de Customer Sucess. Há sempre duas versões, uma para gestores e outra para analistas. São de 40 a 50 aulas, com seis horas, em média, de curso. O custo é de R$ 399.

No fim de agosto, mais dez cursos vão ser colocados no ar, com conteúdos mais específicos, votados para e-mail marketing, análise de dados, Google Ads, entre outros temas que interessam aos profissionais que trabalham com marketing digital. Todos os cursos contam com uma versão gratuita introdutória sobre o assunto.

Tela de um dos cursos da RD University

“Consideramos esses primeiros cursos como uma versão MVP”, afirma Siqueira, usando a sigla que se refere a minimum viable product (produto mínimo viável, em português), um jargão comum do mundo das startups.

Siqueira explica que a ideia de criar a área de e-learning surgiu de uma necessidade própria da Resultados Digitais. Como a disciplina marketing digital é nova, a startup tinha dificuldade de recrutar profissionais experientes no mercado.

Muitos dos que eram contratados precisavam passar por um processo intenso de treinamento. Por esse motivo, a empresa resolveu estruturar a área e viu nela uma oportunidade de negócios. Os instrutores são os próprios funcionários da startup.

O plano da Resultados Digitais é usar o ano de 2019 para testar a nova área. No próximo ano, a nova unidade de negócios deve atingir o equilíbrio financeiro. “Daqui a três ou quatro anos, ela terá um tamanho razoável, mas nunca será tão grande quanto o negócio principal”, afirma Siqueira, que não quis fazer projeções sobre o percentual que ela virá a representar no futuro.

O mercado de e-learning está dando os primeiros passos no Brasil, na visão de Carlos Monteiro, presidente da CM Consultoria. Mas há, em sua visão, uma grande mudança no perfil dos cursos.

As pessoas estão trocando diplomas em universidades e cursos de certificação por outros mais curtos e que foquem em habilidades específicas e voltadas para o mercado de trabalho. “Cursos, como o que a Resultados Digitais oferece, tem o único compromisso de formar um profissional adequado ao mercado”, afirma Monteiro.

Um exemplo das transformações pelas quais passa o setor educacional é o Udemy, uma espécie de Uber da educação. A startup, que já recebeu US$ 173 milhões em investimentos, permite que qualquer um possa oferecer um curso online para ser vendido na plataforma.

Dessa forma, em dezembro de 2018, a startup contava com 30 milhões de alunos, 42 mil instrutores e 100 mil cursos disponíveis na plataforma online. “Esse é um sinal de alerta para as universidades formais”, afirma Monteiro.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO

 

Login

Acesse através
de sua rede social favorita:
Ou e-mail e senha cadastrados:
Esqueceu a senha?

Ainda não tem um conta? Faça seu cadastro

Cadastro

Acesse através
de sua rede social favorita:
Ou através das informações abaixo:
Li e aceito os termos e condições,
além da política de privacidade do site

Já tem um conta? Faça seu login