Kaszek levanta US$ 1 bilhão em dois novos fundos

O Kaszek Ventures V captou US$ 475 milhões para investir em startups em estágio inicial. E o Kaszek Ventures Opportunity II levantou US$ 525 milhões para apostar em empresas em estágio avançado

0
203
Leia em 2 min

Na esteira do crescimento de investimentos em startups na América Latina, o Kaszek está anunciando que concluiu a captação de dois novos fundos, que somam US$ 1 bilhão.

O Kaszek Ventures V captou US$ 475 milhões para investir em startups em estágio inicial. E o Kaszek Ventures Opportunity II somou US$ 525 milhões para apostar em empresas em estágio avançado – em geral, companhias que já fazem parte do portfólio da própria gestora.

Fundado em 2011, o Kaszek até agora já tinha levantado cinco fundos e captado US$ 1 bilhão nesses veículos. Agora, de uma só vez conseguiu captar o mesmo valor dos últimos 10 anos.

A captação do Kaszek, que foi revelada em primeira mão pelo Pipeline, site de negócios do Valor Econômico, mostra o apetite dos investimentos por startups na América Latina.

Atualmente, o Kaszek conta com um portfólio de oito unicórnios: Nubank, QuintoAndar, Loggi, Creditas, Gympass, MadeiraMadeira, Kavak e Bitso (as duas últimas são do México).

Em entrevista ao NeoFeed, Nicolas Szekasy, um dos cofundadores do Kaszek ao lado de Hernan Kazah, afirmou que quando os dois deixaram o Mercado Livre para criar a gestora para investir em startps fizeram com a convicção de que havia muitos Mercados Livres em potencial na América Latina que iam precisar de capital. “Há mais Mercados Livres agora na América Latina do que há dez anos”, disse Szekasy.

O Kaszek conta com um portfólio de 91 empresas que somadas já levantaram mais de US$ 10 bilhões em capital de fundos de venture capital.

Nos primeiros quatro meses de 2021, as startups brasileiras captaram US$ 2,35 bilhões, segundo dados do Inside Venture Capital Report, relatório produzido pelo Distrito Dataminer. Esse volume representa 66% do que foi investido durante todo o ano de 2020.

Leia também