Insiders

Na crise do coronavírus, sobrou para a cerveja Corona

O Google Trends mostra o aumento de buscas que relacionam o coronavírus, que já matou 170 pessoas na China, com a cerveja Corona. Na internet, memes  brincam com a bebida mexicana

 

Com mais de 7 mil casos e 170 óbitos confirmados na China, a preocupação global acerca do coronavírus é compreensível.

Mas a histeria e a desinformação a respeito da doença tem causado uma ressaca e tanto para a cervejaria mexicana Corona, que nada tem a ver com o vírus, além da infeliz coincidência semântica.

Dados do Google Trends, ferramenta do Google que identifica os assuntos mais populares do momento, revelam que as pesquisas em inglês ligando a marca de cerveja e o Coronavírus dispararam nos últimos dias.

No período compreendido entre 18 e 26 de janeiro, buscas pelos termos “corona beer virus” (“vírus cerveja corona”, em português) saltaram 2.300% em todo mundo. 

O coronavírus foi batizado com este nome por conta da aparência das partículas do vírus. Elas têm uma espécie de “franja”, que lembra uma coroa real. “Corona”, em latim, significa coroa.

A cerveja mexicana Corona, que tem uma coroa como símbolo, foi criada em 1925, bem antes do descobrimento do vírus – em 1965.

“Acreditamos, em geral, que os consumidores entendem que não há ligação entre o vírus e nossos negócios”, disse Maggie Bowman, diretora sênior de comunicações da Constellation Brands, produtora da Corona, ao Business Insider.

Não há informações sobre o possível impacto dessa infeliz confusão e coincidência na venda da bebida alcoólica, mas o fato não passou “em branco” pela internet.

Diversos memes e piadas relacionando a cerveja e a doença “viralizaram” nas redes sociais. Um deles mostra várias cervejas Heineken com uma máscara cirúrgica ao lado da Corona para se “proteger” de uma contaminação.

Meme que circula nas redes sociais

Outro meme que circulou pela internet e por grupos de WhatsApp mostra um homem desacordado ao lado de uma caixa de cerveja Corona. O texto diz “primeira vítima mexicana do coronavírus.”

Epidemia

A província chinesa de Hubei, em Wuhan, é a região que mais concentra casos de Coronavírus. A doença já foi confirmada em mais de 14 países e, em alguns deles, como Alemanha e Vietnã, foram registrados pacientes que não estiveram em território chinês. O Brasil investiga nove casos suspeitos de coronavírus em seis Estados.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

Newsletter

Receba notícias do NeoFeed no seu e-mail

 
Li, compreendi e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade
do site.

UM CONTEÚDO:

Newsletter

Receba notícias do NeoFeed no seu e-mail

 
Li, compreendi e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade
do site.

NEOFEED REPORT

Baixe o relatório “O mapa de ataque das grandes empresas”

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO