Sem tuitar, Elon Musk diz que não vai mais comprar o Twitter

O bilionário, dono da Tesla e da SpaceX, informou, através de seus advogados, que desistiu do negócio, avaliado em US$ 44 bilhões

0
0
Leia em 1 min

O empresário Elon Musk

Rápido, direto e com poucas palavras, mas sem tuitar. O bilionário Elon Musk, dono da Tesla e da SpaceX, confirmou, através de seus advogados, no início da noite desta sexta-feira, 8 de julho, que está encerrando oficialmente o acordo para a compra do Twitter.

Segundo a agência Reuters, Musk está colocando um ponto final na transação avaliada em US$ 44 bilhões pelo fato de o Twitter não ter fornecido, entre outros dados, informações sobre as contas falsas na rede social e por ter violado diversos termos do contrato.

Desde o fim de abril deste ano, quando anunciou que sua proposta havia sido aceita pela companhia, o empresário vinha ameaçando encerrar a transação se o Twitter não mostrasse provas de que as contas falsas e ligadas a bots representavam menos de 5% os usuários da plataforma.

As ações do Twitter encerraram o pregão desta sexta-feira em queda de 5,10%. No aftermarket, os papéis estão sendo negociados com um recuo de quase 6%. A companhia está avaliada em US$ 28 bilhões.

Leia também

Brand Stories