Como acelerar a sua marca

Aceleradoras de marcas como Berlin Brands Group e THG ensinam o caminho. Saiba mais sobre esse modelo de trabalho

0
66
Leia em 5 min

A forma de se construir grandes marcas já não é a mesma. E os empreendedores têm enxergado esse fato. Hoje temos insumos de última geração que nos permitem acesso a modelos de trabalho que nem imaginávamos antes.

Você já pensou em ver a sua companhia chegando ao topo de forma rápida e em uma régua de crescimento muito alta, por exemplo? Pode parecer algo irreal, mas com toda inovação que as aceleradoras de marcas têm construído no mundo, te digo: é totalmente possível.

Uma das principais características dessas empresas, sem dúvida, é o olhar estratégico, essencial para visualizar os gaps que muitos ainda enfrentam, como a falta de uma tecnologia de ponta, falha na parte logística, no marketing, erro de estoque, distribuição, etc.

Essas coisas colocam em risco os seus resultados. Um reflexo mesmo é o resultado da pesquisa feita pelo IBGE, em que menos de 40% das companhias chegam a obter êxito nos seus negócios no Brasil.

Muitas empresas são revestidas de uma forte comunidade, entendem a importância do marketing, do digital, de se investir neles e até tem ideia de onde querem chegar. Mas, na hora de pôr as ideias em prática, faltam os equipamentos ideais e as pessoas certas para fazer acontecer, causando esses resultados negativos.

As aceleradoras vêm justamente atuar no processo de direcionar os projetos da forma certa e levar as companhias a grandes patamares, as deixando mais próximas do seu público. Isso graças ao seu modelo de trabalho que tem ganhado destaque por se diferenciar dos tradicionais e que conquista um espaço crescente no mercado.

Um exemplo é o que a Berlin Brands Group (BBG) tem construído. Atualmente eles já contam com mais de 45 marcas em seu portfólio acreditando em seus serviços, e totalizam cerca de 3.700 produtos no seu guarda-chuva. Através dos 100 canais de vendas, eles já estão inseridos em 28 países nos EUA,  Europa, China e Turquia. Além disso, devido ao sucesso, estima-se que eles estão avaliados em mais de US$ 1 bilhão.

E você pode se perguntar: “Por que apostar nesses serviços? Qual melhor forma é reconhecer as necessidades da minha companhia?” Existem algumas premissas e parâmetros que guiam essa decisão, como a visão de crescimento. Chega uma fase em que, dependendo da situação, o empreendedor não consegue ir a um novo level sozinho, e é esse o momento dele dividir a direção com quem é expert no negócio.

Algo precisa acontecer para a mudança radical do gráfico, deixando ele verticalizado, com métricas financeiras e qualitativas. Pensamentos de alto nível como esses são decisivos na hora de escolher o serviço de uma aceleradora. E acredito que se você quer ter resultados de altos patamares, de forma rápida e numa escala mundial, só é possível tendo o parceiro certo ao seu lado.

Outro fator que pode auxiliar para bater o martelo, é lembrar que essas empresas possuem foco total em tecnologia e dados, tanto nas soluções dos gaps citados anteriormente, como para entregar a melhor experiência ao consumidor. Afinal tudo está alinhado, quanto menos risco você estiver correndo, e mais qualidade o cliente receber, maior será o seu retorno.

É importante saber também que a maioria das pessoas hoje compram através dos meios digitais. No Brasil, o e-commerce tem crescido em cerca de 80% no seu faturamento, deixando aberta diversas oportunidades para quem tiver um olhar estratégico e saber se inserir no meio digital para se aproximar ainda mais da comunidade.

Quem tem atuado de forma excelente é a THG, fundada em 2004 e hoje uma das grandes empresas de tecnologia focada em D2C. Eles têm acelerado e criado marcas incríveis levadas diretamente ao cliente. O resultado desse desempenho foram as vendas anuais recordes que somaram cerca de £ 2,2 bilhões no final de 2021.

Então, apostar nessas soluções pode ser o que falta para a sua empresa decolar, já que além de solucionar falhas e erros prejudiciais, eles cuidam também de todo o seu processo de conexão com o consumidor, desde visita do dele ao site, o processo de omnicanalidade, até a chegada do produto e a sua satisfação com ele.

Isso é uma das coisas que mais devemos ter atenção, afinal, é seu público que irá aprovar ou não a sua marca. Eles darão as respostas para saber se você está fazendo a coisa certa, pois não são apenas números, mas sim o seu motor. E com as aceleradoras tudo é pensado estrategicamente, planejado e bem elaborado.

A ideia é entregar as soluções exatas e a experiência perfeita, sempre com esse foco de ir direto ao consumidor. Através das ferramentas e dos profissionais otimizados que realizam pesquisas, conectam os dados, e atuam para obter então os feedbacks positivos.

Com tudo, fica evidente a necessidade de empresas que enxerguem e queiram construir algo de muito sucesso. O cenário tem sido extremamente promissor especialmente no nosso país, pois temos evoluído muito no setor tecnológico, de comunicação e de dados. Porém, não basta apenas saber essas informações. Precisamos de pessoas que entendam e queiram entrar de cabeça nas oportunidades.

As aceleradoras estão criando histórias e levando marcas a diversos patamares nunca vistos. Quando observamos casos como os citados aqui, vemos ser algo concreto e que tende a ganhar força no mundo todo. Elas estão ligadas no futuro, não só mirando nele como vivendo ele intensamente. E eu tenho certeza que quem decidir confiar e investir nisso, vai evoluir de uma forma muito além das suas expectativas.

Rapha Avellar é fundador e CEO da Adventures

Leia também

Brand Stories