Negócios

Do Reddit para Hollywood: história do criador de fórum que abalou Wall Street vai virar filme

Responsável por criar o WallStreetBets, grupo de investidores de varejo por trás da valorização das ações da GameStop, Jaime Rogozinski vendeu os direitos de sua história de vida para a produtora RatPack

 

O WallStreetBets tem mais de dois milhões de membros no Reddit

Ver alguns dos grandes fundos de Wall Street sofrendo nas mãos de um bando de investidores de varejo não foi suficiente para o investidor Jaime Rogozinski. O criador do fórum no Reddit que deu origem a toda a movimentação que abalou o mercado financeiro ainda vai lucrar com a própria história.

De acordo com o The Wall Street Journal, Rogozinski, fundador do WallStreetBets, vendeu os direitos de sua história de vida por seis dígitos à RatPac Entertainment, produtora que esteve por trás de adaptações de história das DC Comics feitas pela Warner, como “Mulher Maravilha” e “Liga da Justiça”. A parceria com o estúdio acabou depois que o presidente da produtora, Brett Ratner, foi acusado de assédio sexual.

A companhia terá acesso total a documentos, fotos e qualquer outro material que possa enriquecer a história. O acordo também permite que a RatPack adapte a história de Rogozinski para qualquer formato, incluindo podcasts, documentários, séries de televisão e até peças de teatro.

Rogozinski criou o fórum WallStreetBets em 2012, quando trabalhava como consultor para o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Washington. Entediado com as opções de investimento tradicionalmente recomendadas para pequenos investidores, decidiu reunir pessoas dispostas a colocar dinheiro em operações arriscadas.

A popularidade do fórum foi crescendo e explodiu em 2019, quando grandes empresas de corretagem dos Estados Unidos pararam de cobrar taxas por transação de seus investidores. Hoje, o WallStreetBets tem mais de dois milhões de membros.

Na semana passada, os usuários do Reddit estavam no centro de uma ação conjunta para valorizar as ações de empresas em dificuldades financeiras, como a GameStop.

A disparada causou prejuízos enormes a fundos hedge de Wall Street que apostaram na queda de ação, como o Melvin Capital, que precisou contar com um resgate de US$ 2,7 bilhões para não falir. E fez com que as agências reguladoras se debruçassem sobre o tema.

Rogozinski diz que o filme não vai deixar de fora nenhuma polêmica – e a história do WallStreetBets está repleta delas, de acusações de manipulação de mercado a afirmações racistas de militantes da supremacia branca que fazem parte da comunidade.

Jaime Rogozinski

Responsável pela moderação do fórum, o investidor fechou salas de chat paralelas relacionadas ao WallStreetBets em outros aplicativos, como o Discord, por conta da retórica hostil. A decisão desagradou muitos usuários e ele acabou afastado do papel de moderador.

A RatPack não está sozinha na briga para adaptar a história. Alguns dos maiores estúdios de Hollywood também correm para produzir seus próprios filmes. A Metro-Goldwyn-Mayer já comprou os direitos de um livro que Ben Mezrich, autor de “A Rede Social”, vai escrever sobre o caso.

A Netflix também entrou na jogada e recrutou o roteirista Mark Boal para escrever uma adaptação. O ator Noah Centineo, um dos mais disputados do momento, está escalado para o papel principal.

Hollywood tem um grande apreço por histórias verídicas de Wall Street. “A Grande Aposta”, de 2015, sobre a crise de 2008 nos Estados Unidos, foi indicado a cinco Oscar e venceu na categoria de roteiro adaptado.

Dois anos antes, “O Lobo de Wall Street”, baseado na carreira do investidor Jordan Belfort, também foi indicado em seis categorias. No papel principal, Leonardo DiCaprio levou o Globo de Ouro de melhor ator.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

UM CONTEÚDO:

BRAND STORIES

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO