EXCLUSIVO: Creditas e Volanty negociam unir forças contra Kavak

O NeoFeed apurou que, diante da investida da mexicana Kavak no Brasil, as duas empresas estão negociando uma parceria operacional e até um M&A para ganhar musculatura no mercado de carros usados

0
89
Leia em 2 min

A Creditas entrou no mercado de compra, venda e troca de carros usados em maio

A Creditas, que acabou de entrar no mercado de compra, venda e troca de veículos usados multimarcas, está conversando com a rival Volanty para juntar forças contra a mexicana Kavak, disseram duas fontes ao NeoFeed.

As duas startups, que têm os mesmos investidores (Softbank e Kaszek), estão discutindo um acordo operacional e até mesmo um M&A, apurou o NeoFeed. Procuradas, Creditas e Volanty disseram que não comentam rumores de mercado.

A mexicana Kavak também conta com Softbank e Kaszek em sua base de acionistas e está investindo pesado no mercado brasileiro depois que captou US$ 485 milhões e foi avaliada em US$ 4 bilhões em abril deste ano.

Os recursos levantados pela Kavak serão usados para fazer crescer a operação brasileira. A startup mexicana já conta com dois pontos físicos de vendas no Brasil: um no shopping Market Place, em São Paulo, e outro no Shopping Alphaville, em Barueri.

De acordo com uma fonte, a Kavak está rapidamente aumentando o seu estoque de carros no Brasil, que hoje está na casas dos mil veículos.

A Creditas, por sua vez, anunciou na venda de carros usados em maio deste ano com um investimento inicial de R$ 50 milhões. Na ocasião, disse que contava com 500 veículos para venda e tinha mais de 800 no estoque.

“Nos dias de hoje, é impossível se focar em ser só um player de financiar produtos”, disse o CEO e fundador da Creditas, Sergio Furio, em entrevista ao NeoFeed, na ocasião do anúncio do Creditas Auto. “É preciso integrar uma solução completa ao cliente.”

A startup, que recebeu US$ 255 millhões de investimentos em dezembro do ano passado, quando se tornou um unicórnio, participou recentemente de um aporte de R$ 100 milhões, ao lado do grupo Ultra, na fabricante de motos elétricas Voltz.

Já a Volanty está expandindo suas lojas físicas em 2021, através de “fábrica de seminovos”. A primeira unidade sob esse conceito foi inaugurada em novembro no bairro da Vila Leopoldina, zona oeste de São Paulo, em uma área de 5 mil metros quadrados. A companhia tinha planos para mais duas – outra em São Paulo e uma no Rio de Janeiro.

De acordo com uma fonte com quem o NeoFeed conversou, a Creditas aceleraria bastante sua operação de revenda de carros usados se unisse forças com a Volanty.

O mercado de veículos seminovos ou usados atingiu 13 milhões de carros em 2020, segundo dados da Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto).

Leia também