“La Casa de Papel” das criptomoedas: hackers roubam US$ 625 milhões

Em um dos maiores roubos da história do setor das criptomoedas, hackers roubaram milhões de dólares da Ronin Network, uma rede alternativa do blockchain Ethereum criada para facilitar transações de tokens trocados no jogo Axie Infinity

0
119
Leia em 2 min

O jogo Axie Infinity

A falta de segurança no ambiente digital fez mais uma vítima nesta semana. A Ronin Network, uma rede alternativa do blockchain Ethereum e que foi criada para facilitar transações de tokens trocados no jogo Axie Infinity, anunciou ter sido alvo de um roubo de US$ 625 milhões em criptomoedas.

O anúncio feito nesta terça-feira, 29 de março, causou um estrondo entre os entusiastas das moedas digitais, já que se trata de um dos maiores ataques hacker da história direcionado a uma empresa do setor. O roubo, ocorrido no dia 23 de março, consistiu no furto de 173.600 ethereum e 25,5 milhões em stablecoin USDC.

De acordo com a Sky Mavis, empresa por trás da Ronin Network, não houve falha técnica nos sistemas e a invasão teria ocorrido devido a processos de engenharia social – quando criminosos virtuais induzem usuários a enviar dados confidenciais por conta própria.

Ainda assim, a companhia informou que o invasor teria usado “chaves privadas hackeadas” para forjar saques falsos. O comunicado emitido num blog oficial da Ronin também informa que o invasor teria encontrado uma brecha que foi utilizada para que o golpe pudesse ter tido efeito.

O valor roubado originalmente foi de aproximadamente US$ 540 milhões em criptomoedas. Com a valorização dos ativos, o montante subiu para US$ 625 milhões. O maior ataque hacker, por sua vez, foi feito em agosto do ano passado contra a PolyNetwork no valor de US$ 611 milhões no momento da invasão.

“Estamos trabalhando diretamente com várias agências governamentais para garantir que os criminosos sejam levados à Justiça”, informou o comunicado.

Até o momento da publicação dessa reportagem, registros do monitor de transações Etherscan mostravam que a maior parte dos fundos ainda não havia sido movimentada pelo invasor. Uma parte das moedas ethereum, cerca de 6,2 mil unidades – algo em torno de US$ 21,2 milhões – , já havia sido transferida para outras contas

Impedidos de realizarem retiradas ou depósitos na rede blockchain, os usuários estão de olho na movimentação do valor dos ativos no mercado. A notícia da invasão gerou um esperado efeito negativo no preço dos tokens, que já caíram mais de 19% desde o início do dia. O marketcap do ativo gira em torno de US$ 274,3 milhões.

Leia também

Brand Stories