Newsletter

Receba notícias do NeoFeed no seu e-mail

 
Li, compreendi e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade
do site.
 
 

Negócios

Exclusivo: Safra dá o primeiro passo para a criação de seu banco digital

Banco lança a SafraWallet, uma carteira digital que permite fazer transferências, saques bancários e compras via QR Code

 

O Banco Safra inicia nesta noite uma de suas mais ambiciosas ofensivas para se tornar um dos maiores bancos de varejo do Brasil. Trata-se do lançamento da SafraWallet, a carteira digital que permitirá fazer transferências, saques bancários e compras por meio de QR Code e NFC, tecnologia por aproximação. Uma fonte que conhece a operação afirmou ao NeoFeed que esse é o embrião de um banco digital a ser criado pelo grupo.

Hoje na sétima posição entre os maiores bancos brasileiros, com ativos de R$ 182,2 bilhões e patrimônio de R$ 11,8 bilhões no fim de 2018, o Safra pretende chegar na quarta posição com esse aplicativo disponível tanto na App Store como no Google Play. Pode parecer exagero, mas isso dará tração para o banco conhecido por atuar no segmento de alta renda.

Com a chegada do SafraWallet, qualquer pessoa poderá baixar o aplicativo e movimentar a conta por meio de transferência para outras contas, portabilidade de salário e cadastro de cartão de crédito.

Outra informação não confirmada pelo banco, mas que já corre no mercado é que a SafraWallet vai atuar no chamado open banking e oferecerá empréstimos e produtos de terceiros.

A SafraWallet vai atuar no chamado open banking e oferecerá empréstimos e produtos de terceiros

A estratégia é tentar replicar a experiência conquistada com a SafraPay, empresa de adquirência do grupo, fundada há dois anos. A companhia, em pouco tempo, se tornou uma das maiores do segmento.

“Na época do lançamento, o foco eram os clientes de grande e médio porte”, diz uma fonte que conhece a operação. “Há cerca de seis meses, eles partiram para os microempreendedores com a SafraPay Digital.”

Para se ter uma ideia do que a operação representa para o grupo, a empresa já tem uma participação de 3,1% no setor de adquirência, que, só no primeiro trimestre de 2019, movimentou R$ 414,3 bilhões.

O volume transacionado pela SafraPay saltou de R$ 6,2 bilhões no primeiro trimestre do ano passado para R$ 14,7 bilhões no mesmo período deste ano – um crescimento de 138%.

O lançamento da SafraWallet vem na esteira do lançamento do iti, o aplicativo do banco Itaú, que também é integrado à wallet dos smartphones e usa a tecnologia de QR Code para fazer transações financeiras. A entrada do Safra nesse segmento acirra a disputa no mercado de bancos digitais.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO