Newsletter

Receba notícias do NeoFeed no seu e-mail

 
Li, compreendi e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade
do site.
 
 

EXPERTSHUMANAMENTE POSSÍVEL

Proatividade não é correria

O bom proativo é um planejador por excelência. Antes de agir, ele já mapeou a missão, o cliente, o desafio e os riscos. Pior do que fazer lentamente é fazer mal feito

 

Se você é proativo já tem uma grande vantagem competitiva, pois normalmente você está um passo à frente. Os grandes líderes adoram os proativos, aqueles que se colocam sempre à disposição, voluntários natos para atender as demandas mais importantes.

Os proativos exercem mais influência, ocupam os melhores espaços, estão mais na memória dos clientes e, por isso, costumam colher os melhores frutos.

A proatividade é o primeiro hábito recomendado por Stephen Covey, no consagrado livro “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”. O famoso professor ressaltava que os proativos, ao exercerem rapidamente maior influência sobre os desafios ou problemas, ocupando mais rápido os espaços, tornavam esses mais facilmente solucionáveis. Ou seja, diante de um problema, quanto maior a influência, menor a preocupação.

Todo líder adora as pessoas que estão sempre dispostas a um sacrifício adicional. Quando precisam de alguém para enfrentar algo novo, ao perguntarem no grupo se alguém pode ajudar, ficam gratificados com aqueles que dão um passo à frente e falam, pode contar comigo. Daí nasce uma admiração e uma gratidão que no futuro se transformarão em reconhecimento.

Todo líder adora as pessoas que estão sempre dispostas a um sacrifício adicional

Já os clientes amam este tipo de comportamento. Poucas coisas podem gerar mais fidelidade do que a antecipação das necessidades. Valem exemplos simples, basta pensar nas vezes em que somos surpreendidos positivamente por um garçom, por exemplo.

Quando o proativo está junto com o cliente, no mínimo, ele já garante que o seu concorrente não está ocupando este espaço. Os proativos não ficam no escritório. Ou estão visitando clientes e parceiros ou estão rodando pela empresa. É um ser que nunca está escondido, portanto, é sempre o mais visto e mais lembrado.

Mas antes que se pense que proatividade é correria, valem alguns pontos.

Em primeiro lugar, o bom proativo é um planejador por excelência. Antes de agir ele já mapeou a missão, o cliente, o desafio, os riscos, etc… Pior do que fazer lentamente é fazer mal feito.

Querendo surpreender afoitamente, no final surpreende-se negativamente. Ou pior ainda, como afirma uma tirinha que recebi de um grande amigo pelo WhatsApp. Todo cadáver encontrado no Monte Everest já foi algum dia alguém proativo, motivado e fora da sua zona de conforto.

Os proativos sabem que trabalhar em equipe garante muito mais sucesso

Um segundo ponto é que os proativos sabem que trabalhar em equipe garante muito mais sucesso. Não é competição, é colaboração o que mais vale. Lembra da Clarice Lispector, assim fica bem fácil de entender. “Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado, com certeza vai mais longe.”

Mas, por fim, acrescentaria algo para os que caminham na frente. Não existe rua sem saída. Se você se deparar com um muro, a saída é por onde você entrou. Volte rápido e refaça o caminho, porque os proativos sabem reconhecer que recuar, às vezes, é uma solução para se chegar ao sucesso.

Seja proativo!!!

*Leonel Andrade foi CEO da Smiles, Credicard e Losango Financeira. Atualmente, é membro do Conselho de Administração da BR Distribuidora. Também faz palestras sobre gestão de pessoas e negócios.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO