Wiz faz joint venture com LG Informática para criar plataforma de benefícios

A nova empresa se chamará BenTech e vai vender, via um marketplace, produtos que vão de crédito consignado a telemedicina em mais um passo para a Wiz reduzir dependência da Caixa

0
401
Leia em 4 min

Em mais um passo para reduzir a sua dependência da Caixa, a corretora de seguros Wiz anunciou uma joint venture com a LG Informática batizada de BenTech, que estará 100% operacional em 2022, para o “desenvolvimento e exploração comercial de uma plataforma digital para a distribuição de benefícios por adesão”.

Pelo acordo, que precisa ser aprovado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a Wiz deterá 49,9% de participação da nova empresa. A corretora será também responsável por criar e comercializar o portfólio. Entre eles, produtos de crédito, como  consignado privado, seguros, previdência privada e até telemedicina.

“A plataforma é um marketplace 100% aberto”, diz Heverton Peixoto, CEO da Wiz, em entrevista ao NeoFeed. “Ela segue o modelo da XP, que oferece seus próprios produtos, mas também fundos de terceiros.”

A LG conta com uma carteira de mais de mil clientes direitos e indiretos com mais de 1,5 milhão de funcionários conectadas à sua plataforma. Neste ano, tentou abrir o capital na B3, mas recuou diante da piora do cenário para IPOs.

Os serviços da BenTech serão divididos em quatro pilares. O primeiro deles será o  “Seu Bolso” que vai oferecer produtos de antecipação salarial e de 13º terceiro, crédito consignado e antecipação do FGTS.

Depois virá o “Seu Sonho”, que atuará dando acesso ao crédito imobiliário, crédito educativo, consórcios e também no empréstimo em garantia. O “Seu Futuro” contará com seguros em geral e previdência privada para proteção financeira.

Por fim, a área “Seu dia a dia” terá foco em produtos voltados para o bem-estar e qualidade de vida, tais como telemedicina e convênio academia, entre outros.

A BenTech, segundo um comunicado, terá independência para firmar acordos com bancos e fintechs. Assim, não necessariamente ofertará produtos só da Wiz e seus parceiros.

A receita da joint venture virá da venda em escala e de um fee por cada transação. Manoel Jardim, que atuava na LG, será o diretor-executivo da empresa.

O objetivo é que os funcionários das empresas que aderirem a plataforma possam “comprar” os produtos e serviços com apenas dois cliques. As áreas de RH vão também poder personalizar as ofertas, escolhendo o que pode ser oferecido para seus funcionários e quais os fornecedores. Para incentivar o uso, a plataforma vai ofertar cashback para os RHs das empresas.

Diversificação

Em recente entrevista ao NeoFeed, o CEO da Wiz, Heverton Peixoto, disse que a companhia estava se preparando para diversificar ainda mais sua atuação para além de seguros e consórcios, o seu principal ganha-pão. E acrescentou que a próxima fronteira iria ser a área de crédito.

Heverton Peixoto, CEO da Wiz

Na ocasião, ele citou a parceria com a Itaú, para crédito imobiliário, que vai entrar em operação no quarto trimestre deste ano, e uma parceria com a Galápagos Capital, em que atua em home equity através da Wimo.

Todas esses movimentos são vitais para a Wiz enfrentar a reação negativa do mercado, quando perdeu, em fevereiro deste ano, a renovação do contrato com a Caixa, uma parceria de 48 anos que se confunde com a própria história da Wiz.

Atualmente, a Caixa representa 50% da receita Wiz. Em 2022, essa fatia será de 25%, segundo as estimativas de Peixoto.

A joint venture com a LG segue o modelo do que a Wiz fez com Banco Inter, Bmg e Banco de Brasília (BRB) – esta última ainda não entrou em operação e vai consumir investimentos de R$ 585 milhões da Wiz.

No caso do Banco Inter e Bmg, eles já está gerando caixa à Wiz, segundo um levantamento feito pela consultoria RD, especializada em varejo financeiro. A joint venture com o Bmg, por exemplo, já representou 7% do Ebitda nos seis primeiros meses de 2021. A com o Banco Inter, 13%.

No ano, as ações da Wiz se valorizaram-se 70,2%. A companhia vale R$ 2 bilhões na B3.

Leia também