Negócios

Microsoft estuda comprar TikTok nos EUA

O governo de Donald Trump deve baixar uma ordem para que a Bytedance, dona do popular aplicativo de vídeos curtos, venda sua operação americana. E a Microsoft pode ser a compradora

 

A Microsoft está em negociação para comprar a operação americana do TikTok. A informação é da Bloomberg, que acrescentou que governo de Donald Trump deve ordenar que a chinesa Bytedance, dona do TikTok, venda sua participação no aplicativo.

O aplicativo de vídeos curtos chinês, que é um sucesso entre as pessoas mais jovens nos Estados Unidos, estava estudando formas de mudar sua estrutura acionária por conta do governo americano, que ameaça proibi-lo no país.

Até agora, no entanto, os rumores indicavam que a Sequoia Capital e a General Atlantic, que são sócios da Bytedance, eram os candidatos a ficar com o aplicativo. Mas a Microsoft passou a explorar a possibilidade de adquirir as operações da TikTok nos EUA, de acordo com uma pessoa familiarizada com o assunto. Oficialmente, a companhia fundada por Bill Gates não quis comentar o assunto à Bloomberg

Os EUA investigam possíveis riscos à segurança nacional devido ao fato de o controle do aplicativo ser de uma empresa chinesa. As autoridades americanas estão preocupadas com o risco de o governo chinês usar o aplicativo para obter dados dos cidadãos americanos.

“Estamos olhando para o TikTok. Podemos estar proibindo o TikTok ”, disse Trump a jornalistas, enquanto se preparava para partir em uma viagem à Flórida, nesta sexta-feira, 31 de julho. “Podemos estar fazendo outras coisas, existem algumas opções. Mas muitas coisas estão acontecendo. Então, vamos ver o que acontece. Estamos procurando muitas alternativas em relação ao TikTok. ”

O TikTok sempre negou as informações de que o aplicativo compartilhava dados com o governo chinês. Em um comunicado divulgado esta semana, o CEO da TikTok, Kevin Mayer, que foi contratado da Walt Disney no início deste ano, disse que a empresa estava comprometida com a transparência. “O TikTok se tornou o alvo mais recente, mas não somos o inimigo”, disse ele.

A ByteDance comprou a Musical.ly Inc. em 2017 e a fundiu com a TikTok, criando um sucesso nas mídias sociais nos EUA. O Comitê de Investimentos Estrangeiros nos EUA, que investiga as aquisições no exterior de empresas dos EUA, iniciou uma revisão da compra no outono de 2019.

Essa seria a sétima vez que um presidente dos EUA bloquearia um acordo ou ordenaria uma venda corporativa desde que o Congresso deu poder ao chefe do executivo de intervir nesses casos, em 1988.

Trump usou essa autoridade três vezes. Em 2017, ele bloqueou uma empresa de private equity, com vínculos com o governo chinês, de comprar a fabricante de chips Lattice Semiconductor por US$ 1,3 bilhão. Em 2018, ele impediu a fabricante de chips Broadcom, de Cingapura, de assumir o controle seu concorrente americano, a Qualcomm.

Em março deste ano, Trump ordenou que uma empresa chinesa vendesse sua participação na StayNTouch, uma empresa de software de gerenciamento de propriedades de hotéis, dizendo que tinha “evidências confiáveis” de que “ameaça prejudicava a segurança nacional dos Estados Unidos”.

O valor do TikTok é estimado em mais de US$ 100 bilhõesO aplicativo de vídeos curtos foi o mais baixado no mês de junho, com 87 milhões de downloads. No mundo, o app foi baixado por 2 bilhões de usuários.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

UM CONTEÚDO:

NEOFEED REPORT

Baixe o relatório “O mapa de ataque das grandes empresas”

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO