No “Arraiá” de Elon Musk, bitcoin é cobra

O CEO da Tesla continua brincando com o sobe-e-desce dos criptoativos. E há quem aposte contra a Tesla. Enquanto isso, as ações de tech caem e o mundo comemora o dia em que duas pizzas custaram 10 mil bitcoins

0
105
Leia em 4 min

Tech: acabou o amor?

O setor de tecnologia foi o grande vencedor da bolsa de valores no ano passado tanto aqui quanto lá fora. Se, na B3, a Locaweb avançou quase 600%, em 2020, lá fora o índice Nasdaq subiu 40% no período.

Mas por que o amor acabou? Diferente dos meus relacionamentos, é mais fácil explicar por que tech não vem performando tão bem.

O aumento da inflação e a “empinada” na curva longa de juros conflitam com a performance dos papéis de tecnologia, que projetam maior rentabilidade no longo prazo.

Outro motivo é rotação natural de portfólios e a busca por nomes da “economia tradicional” que surfam melhor o boom das commodities e a reabertura da economia. Pessimista? Eu tô é aproveitando para comprar bons nomes de tech na promoção!

São João do Elão


“Bora comprar Tesla com bitcoin!”. “É mentira!”. O CEO e um dos maiores acionistas da Tesla, Elon Musk, está cantando quadrilha e fazendo o mercado de criptomoedas perder bilhões de dólares.

Muita gente tem acusado o tio Musk de manipular o mercado e pedido que a SEC investigue o bilionário. Não dá para negar o amadurecimento recente e o processo de “institucionalização” dos criptoativos, eu mesmo já virei investidor, mas vale a reflexão sobre a fragilidade e a falta de regulação nesse mercado. Como dizem: “o golpe tá aí, cai quem quer!”

The Big Short 2

Em meio às polêmicas de Elon Musk, o investidor Michael Burry, que inspirou a personagem principal do filme vencedor do Oscar “A Grande Aposta”, anunciou no começo da semana que montou uma posição vendida (apostando na queda das ações) contra a Tesla no valor de US$ 530 milhões.

Burry foi um dos primeiros investidores a perceber a bolha do mercado imobiliário americano, que gerou a crise do subprime em 2008. Faz tempo que não lançam uma película AAA sobre o mercado financeiro, já estou no aguardo do Big Short 2: trapaças, twitter e bitcoin

ESG Long & Short


Dez empresas brasileiras lançaram nos últimos meses títulos de dívida atrelados à alguma meta de sustentabilidade. Os green bonds à brasileira realmente viraram febre entre empresas e bancos embora muitos investidores ainda questionam a formatação dessas operações.

A empresa que emite uma debênture ESG e não cumpre as metas de sustentabilidade tem a taxa de emissão aumentada, gerando mais retorno ao investidor. Podemos dizer então que os investidores ESG estão, na verdade, “vendidos” (apostando contra) ESG?

O mercado está claramente em desenvolvimento e há muita gente séria trabalhando nessa agenda, mas, como tudo no Brasil, claro que existem aqueles que só querem levar alguma vantagem ou fazer “marketing”.

*Antes de imprimir essa coluna pense no meio-ambiente

Bitcoin Pizza Day

Duas pizzas por 10 mil bitcoins e a celebração ao lado dos filhos

Há 11 anos o programador Laszlo Hanyecz se tornou a primeira pessoa a realizar uma troca direta de criptomoeda por um produto físico. Ele comprou duas pizzas na rede de fastfood americana Papa John’s por 10.000 bitcoins. Na cotação de hoje, seria o equivalente a mais de meio bilhão de dólares!

Desde então o dia 22/05 é conhecido como Bitcoin Pizza Day. Muitos não gostam de cripto, mas duvido que alguém não goste de pizza… Então vou deixar duas indicações aqui para o fim de semana:
Braz – uma das mais tradicionais pizzarias de SP, recomendo a Caprese.
Napoli Centrale – Pizzaria que replica o modelo napolitano, pizzas individuais e massa e molho sensacionais

Se colocar catchup nessas pizzas ou em qualquer outra, peço, por favor, que pare de me seguir.

Arthurito da Faria Lima tem mais de uma década de experiência no mercado financeiro e lançou seu perfil no Instagram, em agosto de 2020, para comentar os bastidores do Condado da Faria Lima – de preferência apreciando um bom Negroni. Nos fins de semana, costuma desembarcar com a sua “tropa” na Baleia, em Campos ou na Península.

Leia também