Newsletter

Receba notícias do NeoFeed no seu e-mail

 
Li, compreendi e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade
do site.
 
 

Negócios

A maior empresa de internet da Europa que você nunca ouviu falar. E já vale € 117 bilhões

A Prosus abriu o capital em Amsterdã e reúne ativos internacionais do fundo sul-africano Naspers. Entre eles, uma fatia de 31% do gigante chinês Tencent e as participações nas brasileiras iFood e Movile

 

Bob Van Dijik, CEO do Naspers, toca o sino na Euronext, em Amsterdã

Anote esse nome: Prosus. Ela é a maior empresa de internet da Europa que você nunca ouviu falar. Ainda.

A companhia abriu o capital na quarta-feira 11 na bolsa Euronext, em Amsterdã, e nasceu valendo 117 bilhões de euros. Os papéis subiram 25% no primeiro dia de negociação.

A nova gigante de internet europeia é um spin-off dos principais investimentos internacionais do fundo sul-africano Naspers. O principal ativo – e isso explica muito seu valor tão alto – é uma fatia de 31% na gigante chinesa Tencent.

A companhia fundada pelo empreendedor chinês Ma Huateng vale US$ 433 bilhões. Ela é dona do WeChat, o WhatsApp chinês, que tem uma base de 1,1 bilhão de usuários ativos. A companhia também é uma gigante na área de entretenimento, com ativos em games e música.

A Prosus, no entanto, não se resume a fatia da Tencent. Ela conta também com a rede social russa Mail.ru, o aplicativo de entrega de comidas alemão Delivery Hero e as brasileiras Movile e iFood. No total são 49 empresas de internet que fazem parte do portfólio.

Ma Huateng fundador da gigante chinesa Tencent

“A listagem do Prosus é um empolgante passo para o grupo, dando aos investidores globais de tecnologia acesso direto ao nosso portfólio”, disse Bob Van Dijk, CEO do Naspers, para o jornal britânico Financial Times. “Precisávamos de um lugar para atrair os próximos US$ 100 bilhões em valor para os acionistas.”

Com essa quantidade de ativos, a Prosus já é uma das 15 maiores empresas da Europa em valor de mercado. Entre as empresas de tecnologia, só SAP é maior. Na bolsa de Amsterdã, ela ocupa a terceira posição, atrás da petroleira Royal Dutch Shell e da gigante de consumo Unilever.

A ideia de abrir o capital na Europa foi uma estratégia do Naspers para destravar o valor de seus ativos. Os executivos do fundo sul-africano também disseram que a companhia ficou grande demais para a bolsa de Joanesburgo, onde seus papéis representam aproximadamente 25% do índice JSE SWIX, o equivalente ao Ibovespa no Brasil.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO