Insiders

A união faz o streaming: pequenos canais locais lançam ofensiva online nos EUA

Mais de 200 emissoras de tevê regionais disponibilizam seus conteúdos no VUit, plataforma de streaming que estreou nesta terça-feira, 1 de setembro, nos Estados Unidos. O serviço é gratuito, mas as emissoras pretendem lucrar com publicidade

 

VUit nasce com mais de 200 canais e acesso gratuito

Sozinhos, pequenos canais locais não têm estrutura ou fôlego criativo para embarcar no êxodo digital que tem levado a audiência americana a migrar para plataformas de streaming. Mas, juntos, eles podem ter uma boa chance.

Por isso, os mais de 200 canais dos grupos Gray Television, Meredith, Cowles Media, Heritage Broadcasting Group e Morgan Murphy Media lançaram nesta terça-feira, 1 de setembro, em conjunto, o streaming VUit (pronuncia-se “view it”).

Totalmente gratuita para os telespectadores, a ofensiva digital das “pequenas” emissoras americanas oferece um mix de programas jornalísticos regionais, conteúdo esportivo e outras atrações locais.

Além das produções já consagradas na TV a cabo, os canais se comprometeram a criar, anualmente, até 2,5 mil produtos originais para o VUit.

A plataforma foi desenvolvida pela Syncbak, uma empresa fundada em 2009 pelo empresário Jack Perry e especializada em plataformas de conteúdo ao vivo e streaming.

Desde a sua criação, a companhia já recebeu US$ 22,4 milhões em investimentos de grandes nomes, como CBS Corporation e a própria Gray Television – ambas também são suas “clientes”. Além da VUit, a Syncbak também foi responsável por parte do desenvolvimento da Hulu, que hoje é controlada pela Disney.

A Syncback não revela o valor do contrato com a VUit, mas diz que pretende lucrar com uma pequena porcentagem dos acordos publicitários. Assim como acontece na fuboTV e na categoria de entrada do Hulu, a programação tem a “interferência” de anúncios, como acontece na televisão convencional.

Os canais parceiros não cobrarão pela exibição de seus programas e esperam lucrar com essa parte mais “gorda” dos contratos comerciais, que serão negociados por uma plataforma de publicidade exclusiva da Syncbak. A inteligência do produto da companhia permite, por exemplo, que um cliente segmente melhor a audiência e potencialize suas vendas, mirando grupos específicos em regiões menores.

Ao colocar os canais de televisão em ambientes digitais, essa plataforma abre ainda uma nova possibilidade de ganho para seus parceiros, que antes tinham seus acordos comerciais limitados por seu alcance. 

Embora a estreia oficial aconteça agora, num momento bastante oportuno, dado ao boom do streaming impulsionado pelas regras de distanciamento social, a verdade é que a VUit nasceu muito antes da crise do coronavírus. Trata-se, portanto, de uma “feliz” coincidência.

Os testes do novo streaming começaram em fevereiro deste ano, quando a Heritage Broadcasting exibiu ao vivo uma corrida de snowmobile de 10 horas

Os testes do novo streaming começaram em fevereiro deste ano, quando a Heritage Broadcasting, um canal de Michigan, exibiu ao vivo uma corrida de snowmobile de 10 horas. O conteúdo foi levado a 107 mercados, dentro e fora dos EUA.

Os espectadores que tiveram acesso à programação durante a fase de teste voltaram a conferir o canal cerca de 17 vezes por mês, afirmou Perry em entrevista ao jornal The Wall Street Journal. “Queremos ser a Netflix do conteúdo local, gratuito e ao vivo”, resumiu o empresário.

Agora, com o streaming VUit, centenas de jornais locais passam estar ao alcance dos dedos – algo poderoso em ano eleitoral.  O VUit já está disponível no Roku, Amazon Fire TV, Apple TV e, para celular, nos sistemas iOS e Android. 

A expectativa é que, chegando a novos mercados, essas pequenas emissoras locais consigam manter e sustentar o aumento de audiência experimentado durante a pandemia. Alguns canais reportaram um salto de 30% de sua audiência, uma vez que os telespectadores, em casa, buscavam por mais notícias. 

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

UM CONTEÚDO:

BRAND STORIES

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO