Startups

Classpert, espécie de “Trivago dos cursos EAD”, recebe aporte da Iporanga Ventures

Com o investimento de R$ 5 milhões, a startup de busca e comparação de cursos online, que hoje tem 100 mil usuários distribuídos em países como EUA, Índia e Inglaterra, quer se consolidar como uma plataforma global

 

Os fundadores da Classpert (da esq. para dir.): Felipe Bernardes, Thiago Brandão e Felipe Jordão

A Classpert, plataforma de comparação e busca de cursos online, anuncia hoje um aporte de R$ 5 milhões, liderado pela Iporanga Ventures. Participam ainda da rodada o fundo Canary e os investidores Eduardo Wurzmann, fundador do Ibmec, e Mario Pinheiro, fundador do Estratégia Concursos.

Fundada no fim de 2018, a startup nasceu de um spin-off da Quero Educação, edtech que captou um investimento da Iporanga, em 2011. A relação construída a partir desse aporte foi o elo da aproximação entre a gestora e a Classpert, no início deste ano.

“Essa ligação original foi o validador do time da Classpert”, diz Leonardo Teixeira, sócio da Iporanga Ventures, ao NeoFeed. “E estamos falando de uma solução altamente escalável, em um mercado que já movimenta quase US$ 200 bilhões por ano.”

Em linha com essa afirmação, Felipe Jordão, cofundador e CEO da Classpert, acrescenta: “Precisávamos de um investidor que acreditasse nesse caminho global.”

A Classpert, na palavra de seus próprios fundadores, tem uma proposta similar a sites como Trip Advisor, Booking.com e Trivago, só que aplicada à educação. A empresa desenvolveu um sistema que busca e agrega cursos online em diversas categorias, níveis, prazos e formatos.

O pacote inclui desde os programas voltados ao desenvolvimento profissional até cursos para aprender a tocar, por exemplo, piano. Passando por ofertas de educação a distância de instituições como Harvard, Stanford e MIT.

“Hoje, temos perto de 250 mil cursos, em dez idiomas”, diz Felipe Bernardes, cofundador da startup. Com uma base próxima de 100 mil usuários, o principal mercado é os Estados Unidos, seguido por Índia, Brasil, Inglaterra, França e Alemanha. “Já fizemos vendas para mais de 100 países.”

No modelo de negócio da Classpert, esses usuários têm acesso gratuito ao buscador. As receitas vêm de uma comissão de 25% do valor de cada curso, paga pelas instituições responsáveis pela oferta do conteúdo em questão.

O formato tem paralelos com a oferta de startups americanas como Degreed e ClassCentral, ambas com origem no Vale do Silício.

Destino global

Com apetite global, o aporte de R$ 5 milhões recebido pela Classpert já tem destino certo. A primeira parada será ampliar o time de tecnologia e aprimorar os recursos da plataforma. “É um desafio técnico extremamente complexo reunir todos esses cursos distribuídos no mundo em uma base universal, padronizada”, afirma Jordão.

A Classpert tem cerca de 250 mil cursos, em dez idiomas, e uma base próxima de 100 mil usuários

Parte da cifra também será aplicada em marketing e em construção da marca. Entre as ações programadas estão campanhas e promoções localizadas nos principais mercados da empresa, assim como em países emergentes, especialmente em países emergentes da África, que guardam semelhanças com o mercado brasileiro.

O plano passa ainda por um novo produto, com a criação e a recomendação de jornadas de conhecimento para os aprendizes, como a startup chama seus usuários. “A ideia é ir ao encontro da tendência de uma educação mais self service, onde você compõe diferentes cursos com um objetivo final”, conta Jordão.

No médio prazo, também não está descartada a oferta de cursos diretamente na plataforma, no formato de marketplace, nos mesmos moldes do que hoje é feito pela americana Udemy.

“Nós queremos chegar a um aporte Série A com cerca de 1 milhão de usuários listados na plataforma”, diz Bernardes, que projeta chegar à rodada e à base milionária em um horizonte de 18 a 24 meses.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

UM CONTEÚDO:

NEOFEED REPORT

Baixe o relatório “O mapa de ataque das grandes empresas”

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO