Newsletter

Receba notícias do NeoFeed no seu e-mail

 
Li, compreendi e concordo com os Termos de Uso e Política de Privacidade
do site.
 
 

Insiders

Jack Ma: a arte – e a humildade – de saber parar depois de construir um império

As lições de Jack Ma, o fundador do Alibaba Group, um gigante avaliado em US$ 460 bilhões, que acaba de deixar a empresa que criou e moldou à sua semelhança

 

Jack Ma, vestido de rock star, no show de sua despedida do Alibaba

No mesmo dia em que completou 55 anos, Jack Ma, o fundador do Alibaba Group, só fez um pedido: sua aposentadoria.

Depois de 20 anos no comando do e-commerce avaliado em cerca de US$ 460 bilhões, o homem mais rico da China, dono de uma fortuna avaliada em US$ 40 bilhões, anunciou a sua saída da presidência do conselho da companhia que criou, a partir do zero, e moldou à sua semelhança.

Ativo em 200 países, o Alibaba conta, atualmente, com mais de 617 milhões de usuários mensais apenas na sua plataforma mobile e 552 milhões de usuários ativos em seu marketplace. Isso representa um domínio de 60% do e-commerce chinês.

Embora ainda seja menor em valor do que a Amazon, a companhia chinesa envia 12 milhões de pacotes a consumidores todos os dias, enquanto a gigante americana envia 3 milhões.

A julgar por esses números, Ma, um ex-professor de inglês com uma veia empreendera única, mostra, de fato, a humildade e o desapego de quem deixa o poder com a missão cumprida.

A fortuna de Jack Ma é avaliada em US$ 40 bilhões

Sua despedida aconteceu em clima de festa. Na cidade de Hangzhou, onde fica a sede do Alibaba, 80 mil funcionários da companhia se reuniram no Estádio Olímpico local para uma bateria de homenagens ao fundador da empresa. Vestido de estrela de rock, o magnata foi às lágrimas.

Agora, ele promete se dedicar à filantropia e empreender em outras áreas, como educação. O fato é que, do garoto sonhador ao professor bilionário que é agora, Ma acumulou, na prática e na teoria, uma sabedoria acima da média. Parte de seus ensinamentos ele compartilhou em palestras, entrevistas e conferências mundo afora. O NeoFeed reuniu as 7 mais valiosas delas.

1- O futuro é feminino

Em 2015 o fundador do Alibaba não fazia nenhum segredo quanto ao que ele mesmo chamava de “ingrediente secreto” da empresa: mulheres executivas. Ma acredita que a liderança feminina é não apenas bem-vinda, mas necessária. Mais de 40% de toda força de trabalho da gigante fundada pelo empresário é composta por mulheres – e, na opinião de Ma, todos deviam seguir esse exemplo, porque “já valorizamos a força, agora valorizamos o intelecto”.

2- Contrate o seu chefe

Com medo de serem “passados para trás”, muitos líderes e gerentes acabam dispensando pessoas que lhe parecem mais capacitadas. “Quando me pedem um conselho, repito sempre: olhe para aquele jovem diante de você e pense se, em cinco anos, ele será o seu chefe. Se a resposta for positiva, contrate!”, disse em uma conferência, nos Estados Unidos, há três anos. Essa estratégia, explica Ma, lhe acompanha desde os tempos de sala de aula, porque todo professor deseja que seus alunos sejam mais inteligentes que ele próprio.

3- A perfeição é uma cilada necessária

O Yahoo foi um dia tão poderoso e tão bom que ninguém achou que pudesse desaparecer. Netscape idem. Foi com esses dois exemplos que Ma disse, diretamente, que um dos maiores pecados de um empreendedor é achar que sua empresa está boa demais. “Seja paranoico”, encorajou o empresário.

4- Fracasso é desistir

Depois de formado em inglês pela Universidade de Zanghzou,Ma enviou currículo para 30 empresas. Foi rejeitado por todas. Então tentou uma vaga na polícia, também sem sucesso. Em Harvard, batalhou por dez – sim, dez – vezes por  uma bolsa de estudos, mas a universidade americana nunca lhe deu uma oportunidade. O empreendedorismo lhe abriu as portas, e ele nunca mais as fechou. Para Ma, o fracasso só existe quando alguém deixa de tentar. A sua desistência é o seu fracasso, não as negativas que recebe.

5- Foco no foco

“Se há nove coelhos no campo e você quer capturar um, então escolha um deles e foque que apenas neste bicho”, é com essa simples metáfora que Ma defende que o sucesso pede foco. Um empreendedor não pode nunca esquecer ou perder de visão o seu ponto de chegada.

6- Relacionamento aberto com o governo

Embora a China tenha uma das políticas mais severas do mundo, com um forte poderio estatal nos negócios, Ma defende que as empresas evitem essa proximidade com o estado. “Nunca faça negócios com o governo. Ame-o, mas não se case com ele”, afirma.

7- Tudo e todos são fontes de aprendizado

Muita gente riu quando Ma disse, em 2013, que aprendeu lições valiosas no filme “Forrest Gump”, estrelado por Tom Hanks. Para Ma, as pessoas tendem a limitar suas fontes de aprendizado, achando que apenas professores e milionários têm algo valioso a compartilhar. Mentes curiosas, como a dele, entendem que o conhecimento está em todas as áreas da vida cotidiana. Até num filme despretensioso, mas que ensina muito sobre simplicidade e persistência. “Depois de ver o filme entendi que ele (Forrest Gump) era um exemplo. Acredite no que faz, independentemente da opinião alheia”.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO