Positivo vence licitação de R$ 1,1 bilhão para fornecer urnas eletrônicas

A companhia ganha licitação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e vai fornecer 176 mil urnas eletrônicas para a eleição 2022

0
329
Leia em 2 min

A Positivo Tecnologia ganhou a licitação para o fornecimento de 176 mil urnas eletrônicas para a eleição de 2022. O valor do  contrato é de R$ 1,179 bilhão. A informação foi confirmada via fato relevante, publicado nesta segunda-feira, 27 de dezembro.

A companhia, que fabrica computadores, notebooks, tablets e smartphones, diz que as entregas serão feitas “a partir das oportunas formalizações dos contratos de fornecimento com prestação de serviços, em lotes que venham a ser requeridos pelo TSE”.

A empresa, comandada por Hélio Rotenberg, já havia informado em meados deste ano que era a única habilitada na licitação de Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o fornecimento de urnas eletrônicas.

Na ocasião, a Positivo Tecnologia alertava para o tempo exíguo para fabricação dos equipamentos até a data limite de entrega, 15 de agosto de 2022. As eleições vão acontecer em 2 de outubro para os cargos de presidente, governador, deputado federal, estadual e senador.

A Positivo Tecnologia é uma das companhias que tem se beneficiado da forte demanda de computadores, por conta de home office e educação online, em que alunos assistem às aulas virtualmente.

Nos nove primeiros meses de 2021, a receita líquida da Positivo atingiu R$ 2,3 bilhões, uma alta de 75% em comparação ao mesmo período do ano passado. O lucro líquido foi de R$ 161 milhões, crescimento de 249,5%

No ano, as ações da Positivo Tecnologia valorizam-se R$ 98,4%. Os papéis estão cotados a R$ 9,80 nesta segunda-feira. Neste ano, atingiram o valor máximo em 9 de junho, quando a ação chegou a R$ 14,33. O valor de mercado na B3 é de R$ 1,367 bilhão.

Leia também

Brand Stories