Startups

O Vision Fund, do Softbank, corta na própria carne

Depois de diversas startups de seu portfólio demitirem, chegou a vez do fundo cortar até 15% de seus 500 funcionários. A medida acontece depois de prejuízo de US$ 18 bilhões, por conta de investimentos como WeWork e Uber

 

Desde o começo deste ano, as startups do Softbank estão fazendo um duro ajuste para buscar a lucratividade, demitindo pessoas e realinhando estratégias de negócios.

Os cortes de funcionários atingiram desde a startup de escritórios compartilhados WeWork até a empresa de hospedagem indiana Oyo, que, só no Brasil, passou de 700 empregados para 150.

Agora a conta chegou ao próprio Vision Fund, o bilionário fundo de US$ 100 bilhões do Softbank, que já investiu mais de US$ 80 bilhões em 90 startups.

O fundo está cortando até 80 pessoas de 500 profissionais, segundo a Bloomberg. O objetivo é fazer um ajuste que leve a uma economia de até 20% e inclui outras medidas, além das demissões.

O Softbank International, liderado por Marcelo Claure, que também cuida dos investimentos na América Latina e é chairman do WeWork, vai demitir 26 dos 230 profissionais.

Os cortes na própria carne acontecem depois de o Softbank divulgar um prejuízo de US$ 13 bilhões no mês passado. As perdas aconteceram por conta da desvalorização de investimentos com o WeWork e a Uber.

Em apenas um ano, o Vision Fund deixou de ser a principal fonte de lucro para o Softbank para se tornar a principal fonte de perdas. Só o fundo teve prejuízo US$ 18 bilhões.

Os cortes devem começar a acontecer nessa semana, segundo fontes a par da situação e vão afetar diversas funções da unidade de investimentos.

Alguns profissionais, no entanto, vão ser realocados. São os casos dos diretores do Vision Fund Akshay Naheta e Kentaro Matsui, que vão para o Softbank.

Os cortes não afetam a região latino-americana. O Softbank investe na região com outro fundo de US$ 5 bilhões.

Desde o ano passado, o fundo já aportou recursos em 18 empresas da região, como Gympass, Creditas e Olist.

Siga o NeoFeed nas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Instagram. Assista aos nossos vídeos no canal do YouTube e assine a nossa newsletter para receber notícias diariamente.

Leia também

UM CONTEÚDO:

VÍDEOS

Assista aos programas CAFÉ COM INVESTIDOR e CONEXÃO CEO